Hoje, 23 Abril 2014 é o dia da aplicação exata da GRANDE CRUZ CARDINAL

23 de abril de 2014 ·

Clicar para aumentar e ver melhor
Hoje, 23 Abril 2014 é o dia da aplicação exata da GRANDE CRUZ CARDINAL

Não voltarei a dar realce a este tema, por isso deixo aqui:

Umas dicas práticas:

1 - Avalie no seu próprio mapa natal onde estacionam estes 4 planetas da Grande Cruz e que estão indicados na ilustração abaixo. Tire as suas conclusões. Se for autodidata e souber pouco de astrologia, deixo-lhe aqui um link onde pode conferir o significado de cada Casa no seu mapa natal [tudo sobre as Casas astrológicas]:

http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=category&id=12&Itemid=107


2 - Tem que fazer um esforço e perceber que a sua evolução pessoal não é independente da evolução planetária. Digo-lhe isto, porque a maioria de nós, astrólogos, por sermos instrutores de 1º nível, concentramo-nos muito na tomada de consciência individual e esquecemo-nos um bom bocado que estamos indissoluvelmente associados ao nosso planeta mãe. Para perceber como esta formação em cruz, que começou com a quadratura de Úrano e Plutão no céu, em 2011/2, marca profundamente a nossa existência planetária, deixo-lhe dois links meus [aviso já que não são textos bonzinhos nem delicodoces, pois possuem uma quota parte desenvolvida de ironia, acidez e alguma descrença em certo tipo de seres humanos, sobretudo os políticos]:

http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/03/grande-cruz-cardinal-de-abril-2014.html

http://cova-do-urso.blogspot.pt/p/quadratura-urano-plutao.html

3 - Não pense que os efeitos desta Grande Cruz começam a desaparecer amanhã. Nem pensar nisso é bom, pois é criar uma ilusão que não conduzirá o/a leitor/a a lado nenhum. Se digo que a Grande Cruz começou a formar-se com a quadratura de Úrano e Plutão no céu, em 2011/2, isso quer dizer que a Grande Cruz (em si) irá desfazer-se mas os seus efeitos irão manter-se, no mínimo até 2017, data em que terminará a quadratura que falei.

4 - Na prática acredito que o planeta e os seres humanos sentirão a influência astrológica até ao momento em que Plutão ingressar em Aquário, lá para 2023. Até lá, os trânsitos pontuais terão muita importância, mas é como se tivéssemos um telão de fundo com a Grande Cruz a orientar a movimentação das consciências.

5 - Será um erro tremendo separar as questões da matéria das questões espirituais. Ambas são faces da mesma moeda. Uma não existe sem a outra. Por uma razão simples: o ser humano que está reencarnado neste planeta veio aprender a evoluir através da matéria da Mãe Gaia. Eu, pessoalmente, acredito profundamente no 'evolucionismo' e nada, absolutamente nada, no 'criacionismo'. Esta última afirmação parece que vem a despropósito, mas não é bem assim. É dirigidaa um certo tipo de leitores. Tenhamos paciência e quem estiver vivo daqui por 4 ou 5 gerações [de 5 anos cada = a 20 ou 25 anos] poderá constatar se o planeta e, obviamente, nós próprios, fizeram a sua própria ascensão / evolução de consciência, que habitualmente é mencionada como «ascensão planetária».

6 - Acredito sinceramente que nos últimos anos, as nossas consciências de 3D conseguiram contactar níveis elevadíssimos, de até 12D. Para cima disso, estamos a sair da esfera de gravidade do nosso planeta. Acompanhem as vossas crianças [e bebés] em direção às Novas Eras. Não travem estas consciências em desenvolvimento. Elas representam o futuro, por muito que se goste de dizer que o TEMPO não existe. Existe, sim, mas mede-se de maneira diferente daquela que aprendemos.

7 - Um evento astrológico de imensa magnitude como é esta GRANDE CRUZ CARDINAL, é em si, uma fonte de energia codificada, que nos afeta a todos de forma dinâmica. Esta Grande Cruz vai para além da compreensão humana, mas não se fica nas nossas palavras bonitinhas de instrutores de 1ª geração. ESTAMOS PREPARADOS PARA TÃO GRANDE DESAFIO, SOBRETUDO SEM MEDO, NEM MACAQUINHOS NA CABEÇA? Oxalá, sim.

8 - Quer acreditem, quer não, os NOVOS códigos referentes aos NOVOS Tempos, só serão possíveis de interpretar através da ASTROLOGIA vocacionada para a alma e o espírito. Sem demagogias. Com clareza, com propósito. Não há outra forma de interpretar esses códigos cósmicos: nem tarot, nem os búzios dos pretos velhos, nem cartomancia das pseudo-videntes, nem aqueles que se dizem canalizadores [pois têm que filtrar tudo pela mente humana], nem reiki, nem nada. Só a ASTROLOGIA porque, simplesmente, sempre foi uma LINGUAGEM DIVINA. Sempre foi, ao longo dos últimos 5 a 6 mil anos a única forma desses códigos astrológicos e divinos chegarem até nós, simples seres de terceira dimensão.

9 - Desejo muito que todas as nossas consciências evoluam até patamares muito elevados.

10 - Deixo-vos os links de textos sobre esta Grande Cruz que gostei muito de ler:

- Do astrólogo brasileiro Marcelo Dalla. Aqui: http://www.marcelodalla.com/2014/03/dicas-astrais-para-o-inicio-de-abril-e.html

- Do astrólogo português Leonardo Mansinhos. Aqui: http://leonardomansinhos.com/2014/04/abril-mais-uma-chave-para-a-ascensao/

- Da astróloga portuguesa Vera Braz Mendes. Aqui: http://verabrazmendescreateyourlife.blogspot.pt/2014/04/cruz-cardinal-transcender-crucificacao.html

- Da astróloga portuguesa Ruth Fairfield. Aqui: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203676883631558&set=a.1171575418491.26707.1501189135&type=1&theater

- Do astrólogo português Pedro Ascenso. Aqui: http://pedroascenso.com/index.php/pt/artigos-astrologicos/item/20-a-grande-quadratura-abril-14

- Da astróloga brasileira Mônica Brandão. Aqui: http://ceudodia.weebly.com/1/post/2014/03/a-grande-cruz-cardinal-no-cudodia-23042014.html

-  Da astróloga brasileira Vanessa Tuleski. Aqui: http://www.personare.com.br/tensoes-astrologicas-podem-ocorrer-em-abril-m4743

Certamente haverá outros textos importantes sobre este tema, mas se não os indico aqui é porque não tive oportunidade de os ler, ou por não saber que foram escritos.

Passem todos muito bem.

23 Abril 2014, Dia da Grande Cruz Cardinal

Beijos e abraços


António Rosa



.

23 de abril de 2014

Hoje, 23 Abril 2014 é o dia da aplicação exata da GRANDE CRUZ CARDINAL

Clicar para aumentar e ver melhor
Hoje, 23 Abril 2014 é o dia da aplicação exata da GRANDE CRUZ CARDINAL

Não voltarei a dar realce a este tema, por isso deixo aqui:

Umas dicas práticas:

1 - Avalie no seu próprio mapa natal onde estacionam estes 4 planetas da Grande Cruz e que estão indicados na ilustração abaixo. Tire as suas conclusões. Se for autodidata e souber pouco de astrologia, deixo-lhe aqui um link onde pode conferir o significado de cada Casa no seu mapa natal [tudo sobre as Casas astrológicas]:

http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=category&id=12&Itemid=107


2 - Tem que fazer um esforço e perceber que a sua evolução pessoal não é independente da evolução planetária. Digo-lhe isto, porque a maioria de nós, astrólogos, por sermos instrutores de 1º nível, concentramo-nos muito na tomada de consciência individual e esquecemo-nos um bom bocado que estamos indissoluvelmente associados ao nosso planeta mãe. Para perceber como esta formação em cruz, que começou com a quadratura de Úrano e Plutão no céu, em 2011/2, marca profundamente a nossa existência planetária, deixo-lhe dois links meus [aviso já que não são textos bonzinhos nem delicodoces, pois possuem uma quota parte desenvolvida de ironia, acidez e alguma descrença em certo tipo de seres humanos, sobretudo os políticos]:

http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/03/grande-cruz-cardinal-de-abril-2014.html

http://cova-do-urso.blogspot.pt/p/quadratura-urano-plutao.html

3 - Não pense que os efeitos desta Grande Cruz começam a desaparecer amanhã. Nem pensar nisso é bom, pois é criar uma ilusão que não conduzirá o/a leitor/a a lado nenhum. Se digo que a Grande Cruz começou a formar-se com a quadratura de Úrano e Plutão no céu, em 2011/2, isso quer dizer que a Grande Cruz (em si) irá desfazer-se mas os seus efeitos irão manter-se, no mínimo até 2017, data em que terminará a quadratura que falei.

4 - Na prática acredito que o planeta e os seres humanos sentirão a influência astrológica até ao momento em que Plutão ingressar em Aquário, lá para 2023. Até lá, os trânsitos pontuais terão muita importância, mas é como se tivéssemos um telão de fundo com a Grande Cruz a orientar a movimentação das consciências.

5 - Será um erro tremendo separar as questões da matéria das questões espirituais. Ambas são faces da mesma moeda. Uma não existe sem a outra. Por uma razão simples: o ser humano que está reencarnado neste planeta veio aprender a evoluir através da matéria da Mãe Gaia. Eu, pessoalmente, acredito profundamente no 'evolucionismo' e nada, absolutamente nada, no 'criacionismo'. Esta última afirmação parece que vem a despropósito, mas não é bem assim. É dirigidaa um certo tipo de leitores. Tenhamos paciência e quem estiver vivo daqui por 4 ou 5 gerações [de 5 anos cada = a 20 ou 25 anos] poderá constatar se o planeta e, obviamente, nós próprios, fizeram a sua própria ascensão / evolução de consciência, que habitualmente é mencionada como «ascensão planetária».

6 - Acredito sinceramente que nos últimos anos, as nossas consciências de 3D conseguiram contactar níveis elevadíssimos, de até 12D. Para cima disso, estamos a sair da esfera de gravidade do nosso planeta. Acompanhem as vossas crianças [e bebés] em direção às Novas Eras. Não travem estas consciências em desenvolvimento. Elas representam o futuro, por muito que se goste de dizer que o TEMPO não existe. Existe, sim, mas mede-se de maneira diferente daquela que aprendemos.

7 - Um evento astrológico de imensa magnitude como é esta GRANDE CRUZ CARDINAL, é em si, uma fonte de energia codificada, que nos afeta a todos de forma dinâmica. Esta Grande Cruz vai para além da compreensão humana, mas não se fica nas nossas palavras bonitinhas de instrutores de 1ª geração. ESTAMOS PREPARADOS PARA TÃO GRANDE DESAFIO, SOBRETUDO SEM MEDO, NEM MACAQUINHOS NA CABEÇA? Oxalá, sim.

8 - Quer acreditem, quer não, os NOVOS códigos referentes aos NOVOS Tempos, só serão possíveis de interpretar através da ASTROLOGIA vocacionada para a alma e o espírito. Sem demagogias. Com clareza, com propósito. Não há outra forma de interpretar esses códigos cósmicos: nem tarot, nem os búzios dos pretos velhos, nem cartomancia das pseudo-videntes, nem aqueles que se dizem canalizadores [pois têm que filtrar tudo pela mente humana], nem reiki, nem nada. Só a ASTROLOGIA porque, simplesmente, sempre foi uma LINGUAGEM DIVINA. Sempre foi, ao longo dos últimos 5 a 6 mil anos a única forma desses códigos astrológicos e divinos chegarem até nós, simples seres de terceira dimensão.

9 - Desejo muito que todas as nossas consciências evoluam até patamares muito elevados.

10 - Deixo-vos os links de textos sobre esta Grande Cruz que gostei muito de ler:

- Do astrólogo brasileiro Marcelo Dalla. Aqui: http://www.marcelodalla.com/2014/03/dicas-astrais-para-o-inicio-de-abril-e.html

- Do astrólogo português Leonardo Mansinhos. Aqui: http://leonardomansinhos.com/2014/04/abril-mais-uma-chave-para-a-ascensao/

- Da astróloga portuguesa Vera Braz Mendes. Aqui: http://verabrazmendescreateyourlife.blogspot.pt/2014/04/cruz-cardinal-transcender-crucificacao.html

- Da astróloga portuguesa Ruth Fairfield. Aqui: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203676883631558&set=a.1171575418491.26707.1501189135&type=1&theater

- Do astrólogo português Pedro Ascenso. Aqui: http://pedroascenso.com/index.php/pt/artigos-astrologicos/item/20-a-grande-quadratura-abril-14

- Da astróloga brasileira Mônica Brandão. Aqui: http://ceudodia.weebly.com/1/post/2014/03/a-grande-cruz-cardinal-no-cudodia-23042014.html

-  Da astróloga brasileira Vanessa Tuleski. Aqui: http://www.personare.com.br/tensoes-astrologicas-podem-ocorrer-em-abril-m4743

Certamente haverá outros textos importantes sobre este tema, mas se não os indico aqui é porque não tive oportunidade de os ler, ou por não saber que foram escritos.

Passem todos muito bem.

23 Abril 2014, Dia da Grande Cruz Cardinal

Beijos e abraços


António Rosa



.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates