Eleições presidenciais nos E.U.A. a 6-Nov-2012 - Análise astrológica

3 de novembro de 2012 ·


Dados dos candidatos e do dia das eleições:

Barack Obama
4 Agosto 1961
19h24 - Time Zone 10hW
Honolulu, Hawaii, USA
21N18'25'' 157W51'30''

Mitt Romney
12 Março 1947
09h51 - Time Zone 5h W
Detroit, Michigan, USA
42N19'53'' 83W02'45''

Mapa do Dia das Eleições USA
6 Novembro 2012
Ou escolhe 8h00 ou 12h00
Time Zone: 5h W
Washington, D.C., USA

Irei deixando aqui uns apontamentos astrológicos sobre estas eleições,
até ao próprio dia 6 Novembro 2012.


Apontamento nº 1 feito a 3-Nov-2012



O que me chama muito a atenção para esse dia, é Mercúrio a fazer um enorme 'bang' nestas eleições, pois é nesse mesmo dia que passa de 'estacionário' a 'retrógrado', o que para este efeito, quer dizer o mesmo. Em horário UT (TMG - fuso horário zero) Mercúrio fica retrógrado às 23h04, em 4º18' Sagitário. No entanto, em Washington [capital das eleições], serão 5 horas menos, portanto, será às 18h04, o que quer dizer que as assembleias de votos ainda não encerraram.

Barack Obama

Este 'bang' mercuriano acontece na casa 10 de Barack Obama. Até fico com suores frios perante a interpretação possível deste posicionamento. A minha primeira ideia foi 'vai ser reeleito', pois o céu quer um retorno ao que estava. Mas fiquei com as minhas dúvidas tolas, porque este Mercúrio em Sagitário faz oposição à Lua natal em Gémeos do candidato. Aí disse para mim mesmo: 'estás tonto, vai ler o que escreveste ainda esta semana sobre Mercúrio e os seus contactos com a Lua'.

Está escrito isto: «Estes contactos permitem-nos separar o trigo do joio no resvaladiço mundo das respostas condicionadas que constituem o nosso sistema de sobrevivência e defesa psicológica. Mercúrio, com rapidez penetra nessa estrutura arcaica tantas vezes, que se torna o disparador semi-consciente dos nossos ‘medos’ e ‘temores’».

Esse será um dia angustiante para Obama. Vai ter que 'parecer', em termos oficiais, mas no íntimo está a separar o trigo do joio, a sentir o temor normal de perda, a sentir-se fortalecido e crente na sua vitória, devido o trígono ao próprio Mercúrio natal de Obama e 2 lindos quintis a Marte natal, assim como ao seu Ascendente. Temos que estar atentos à quadratura a Plutão natal.


Mitt Romney

E o mesmo Mercúrio retrógrado que 'bang' faz no mapa do candidato republicano? Pois, pois! Na casa 7, a do relacionamento com o outro, um-a-um. Tirando o aparelho partidário que o apoia e os anti-Obama, conseguirá este candidato fazer-se ouvir e crescer no reconhecimento do povo americano? Vejo difícil pois este 'bang' faz uma quadratura ao MC de Romney, a cúspide do reconhecimento dos outros.

Por outro lado, este Mercúrio Rx faz aspectos poderosos a planetas natais do candidato: conjunção muito afastada à Lua, quadratura a Marte, trígono a Saturno (muito positivo), um obsessivo quindecile a Úrano (será que à última da hora surgirá alguma surpresa nos seus discursos?), oposição ao Ascendente (não é um posicionamento auspicioso), e uma oposição/conjunção ao eixo nodal (francamente positivo).

Por enquanto, vejo como estando empatados.

Amanhã, continuarei, se Deus quiser.





Apontamento nº 2, feito a 4-Nov-2012

Hoje vamos dar atenção a uma data importante em qualquer eleição: o momento da tomada de posse do candidato eleito. Nos EUA chama-se «Inauguration Day», que nestas eleições vai calhar no Domingo, dia 20 Janeiro 2013. O Congresso Americano, ainda em funções, está a pensar em mudar o dia para segunda-feira, dia 21 de Janeiro. Este ano, farei os possíveis por acompanhar em directo para tomar nota da hora exacta em que o candidato eleito faz o famoso juramento. Esse será um dado precioso, pois é partir dele que construiremos o mapa do governo dos EUA para os próximos 4 anos.

Vou analisar os mapas dos dois candidatos em função do mapa da «Inauguration Day - 20 Janeiro 2013 - 12h00 - Washington, D.C., USA»

Barack Obama

Para fazer este mapa: no interior, o mapa de Obama e no exterior, o mapa da 'Inauguration Day'. Como pretendo imprimir muito rigor a este olhar astrológico, informo já, que só considerarei orbes até 2 graus nos mapas dos dois candidatos. Mais que isso, para este efeito, é como se não existissem, para mim. Vocês, leitores, farão o que entenderem. Depois, podemos argumentar, se quiserem.

Ainda um bocadinho receoso, pois tinha ficado um pouco apreensivo com o Mercúrio retrógrado no dia das eleições, lá olhei para este mapa e parecia magnetismo puro: O Sol do 'Inauguration Day' está a 00º49' de Aquário e o Júpiter natal de Obama está a 00º52Rx, também em Aquário. Uma conjunção perfeita. Foi quando respirei muito mais tranquilo, pois é mais que claro que sou apoiante de Obama [o meu blogue está cheio de referências a ele]. Que magnífico aspecto. Sol e Júpiter em conjunção numa orbe 'ridícula' de 31'. Mais apertado é impossível.

Mas continuemos com outros posicionamentos neste mapa. Ainda dentro dos 2º de orbe, encontrei um aspecto poderoso e muito significativo: Úrano do 'Inauguration Day', 5º14' Carneiro/Áries faz um feliz sextil à Lua de Obama, em Gémeos, a 3º14' - em uma orbe de 1º52´. Este é o aspecto [Úrano sextil/trígono Lua] que dou muita atenção quando tenho que analisar um mapa electivo, pois significa, regra geral, que o evento terá a aceitação da maioria das pessoas e, também, que terá muita gente presente. Este é um dos aspectos que procuro quando me pedem para escolher uma data para eventos muito concretos em Portugal. Alguns tiveram uma dimensão que excederam o que era normal no nosso país. Tenho visto outros eventos serem um flop exactamente por não terem dado atenção a esse pequeno-grande pormenor.

Há muitos outros aspectos, neste mapa, todos dentro dos 2 graus: Plutão em sextil a Neptuno [orbe: 1º24´], Quíron em trígono a Neptuno [orbe: 1º35´], Quíron em conjunção a Quíron [orbe: 1º42´], Neptuno sexi-sextil a Júpiter [orbe: 0º49´]. Há muito tempo que não via um mapa político tão promissor. De alguma maneira já estou a adiantar trabalho para o caso de ter que analisar o mapa do governo dos EUA, resultantes das eleições de 2012.

Antes de terminar, tenho que referir que Obama, neste mapa tem um aspecto difícil e que terá que superar: Saturno do 'Inauguration Day' está em Escorpião (como todos sabemos) a 10º48' e faz uma violenta quadratura ao Sol de Obama, que está em Leão, a 12º33' - em uma orbe de 1º45´. Obama, se for eleito terá muito que penar, pois tentarão contestá-lo continuamente. Mas ele já deve estar psicologicamente preparado para isso, pois nos últimos 3 anos, os media americanos disseram cobras e lagartos dele. Claro que se fosse da raça branca, não seria tão atacado. Alguém duvida de todo esse racismo?

Termino mesmo dizendo que orbes maiores que os 2 graus que me impus a mim mesmo, é só escolhermos. Há com fartura e muito positivos.

Mitt Romney

Vejamos o que se passa no mapa do candidato republicano. O Sol do 'Inauguration Day' em 00º49' de Aquário faz uma severa oposição ao Saturno do candidato, em Leão, a 2º24'Rx. Ui, se for ele o próximo presidente dos EUA, vai ter muito que ouvir. Não é noivo que as mamães gostam de ver ao lado das suas filhas. [ :)) ].

Júpiter do 'Inauguration Day' em Gémeos, a 6º29'Rx faz uma quadratura com Marte do candidato, em Peixes, 6º14´ - em uma orbe de 0º15´. Não é um bom prenúncio. Muito guerra em expansão. O planeta não aguenta mais isso.

Como nem tudo é mau na vida, aqui está um posicionamento simpático: Úrano do 'Inauguration Day', 5º14' Carneiro/Áries faz um feliz semi-sextil a Marte em Peixes, 6º14´ - em uma orbe de 1º00´. Será de esperar mudanças súbitas de orientação governamental, no futuro. Também encontramos Marte em Aquário, 00º49´ a fazer um semi-sextil ao Sol do candidato, em Peixes, 21º11´.

Júpiter do 'Inauguration Day' em Gémeos, a 6º29'Rx faz uma conjunção ao Nodo Norte do candidato em Gémeos, a 6º24'Rx, havendo apenas um orbe de 5´. Este posicionamento é muito bom e darão uma enorme projecção a Mitt Romney em termos mundiais e que, se ele quiser e souber, poderá exercer uma influência enorme nos próximos anos, se tiver a coragem de colocar a inspiração republicana em segundo lugar. Poderia ser o homem que a América necessita nos cenários internacionais. Vamos lá ver se os 'biliões' [o homem é podre de rico] serão mais importantes do que a solidariedade e a política de paz internacional.

Resumindo: desta análise fiquei com a ideia que Barack Obama ganhará estas eleições.





Apontamento nº 3, feito a 5-Nov-2012


Tenho a estranha sensação de ter posto o pescoço na guilhotina, tendo-me atrevido a escrever sobre estas eleições presidenciais americanas de 2012. Procurei e pedi a pessoas amigas que investigassem se astrólogos de língua portuguesa tinham escrito alguma coisa sobre este tema e, aparentemente, não encontrámos de outros colegas. De outras línguas, há inúmeros textos.

No apontamento nº 1 foquei-me no Mercúrio retrógrado; no apontamento nº 2 analisámos o 'Inauguration Day' [dia da tomada de posse]. Hoje, no apontamento nº 3 iremos proceder a uma leitura dos trânsitos dos dois candidatos. Neste mapa, usarei orbes de 5º, como máximo, mesmo nos planetas pessoais [Sol a Marte].

Como sei de fonte segura que muitos amigos e leitores seguem estas coisas que escrevo pois também funcionam como material didáctico para se estudar e aprofundar astrologia. Deixo-vos hoje uma dica que me parece preciosa. Se quiser ver quais são as hipóteses de alguém vencer ou ganhar um evento [exemplo: um concurso de televisão ou uma candidatura presidencial] deve-se avaliar o Meio-do-Céu e as suas condições cósmicas do mapa natal da pessoa em questão. Isto inclui analisar os trânsitos e progressões para o Meio-do-Céu o ao planeta regente do signo que está na cúspide da casa 10. Se for necessário, esta análise poderá incluir, em última análise, os trânsitos importantes ao Meio-do-Céu progredido. Também devemos analisar os planetas que se dirigem para o MC. 

Barack Obama

O Sol é o planeta mais próximo e a dirigir-se ao MC de Barack Obama. Muito significativo, pois representa a individualidade do candidato. No entanto, a fazer má figura nesta pintura temos Mercúrio Rx dentro da Casa 10, o que poderá ser sinónimo de alguma confusão no dia das eleições e que prejudiquem a clareza das mesmas. Os planetas regentes deste MC são Marte e Plutão. Como estão neste cenário?

Marte natal recebe uma quadratura de Marte em trânsito e um trígono do Ascendente. É uma no cravo e outra na ferradura. NO entanto, permito-me considerar muito afortunado este trígono do Ascendente, pois representa o que é visível para os outros. Plutão está em bem pior condição cósmica que o Marte.

Em astrologia mundana, a Lua sugere pessoas e, também, o humor das pessoas e está de acordo com a natureza leonina de Obama. Estão em conjunção [Lua T com Sol N], fazendo com o candidato tenha uma enorme aceitação das pessoas [são milhões os eleitores americanos]. Esta Lua faz um quindecile a Saturno natal, trazendo um foco de experiência no cargo, e fazendo que a sua autoridade saia reforçada. o Saturno em trânsito de Obama faz uma quadratura ao seu Mercúrio natal, fazendo com que o seu estado de espírito possa parecer bastante sombrio. O mapa natal do candidato é regido por Úrano que está em Leão, visto ter Aquário no Ascendente, o que dá uma tonalidade entusiasmante, mesmo que não seja decisivo para as eleições.

O que me agrada ver nestes trânsitos é algo tão subjectivo quanto astrológico: o Nodo Norte [Scorpio] em trânsito do candidato está conjunto ao Meio-do-Céu, imprimindo algo muito etéreo como possa ser «um tempo, um destino» do candidato, pois além de estar a dizer a todos quem é este Ser e o que veio fazer ao planeta, também dar-lhe-á sorte, além do impulso à sua carreira política.

Mitt Romney

Tentando seguir a dica do MC que dei acima, não há nenhum trânsito à cúspide da casa 10. O planeta mais próximo é Marte, o que não será muito benéfico em termos eleitorais, mas se for eleito, teremos uma presidência bastante agressiva. Por outro lado, Úrano como planeta regente do MC está entre o favorecido e o prejudicial, pois recebe se, por um lado, uma conjunção de Júpiter, por outro, tem a oposição de Marte. Eu inclinar-me-ia a conceder pontos positivos por este posicionamento cósmico de Úrano de Romney.

Concentrei-me bastante em perceber uma quadratura T, que em princípio, não será muito benéfica: Marte em trânsito por Sagitário [22º] faz uma quadratura ao Sol natal em Peixes [21º] e uma oposição a Úrano natal em Gémeos [17º]. Uma quadratura de Marte, o enérgico do zodíaco em quadratura ao Sol, a individualidade do candidato. Vejo como bastante prejudicial para ele, tendo Úrano metido nesta quadratura T, imprimindo incertezas e idas ao abismo.

Tenho consciência que simplifiquei muito, mas foi só para dar o pontapé de saída, esperando que os conhecedores de astrologia façam, se quiserem, a continuação.

Resumindo: para ser justo, desta análise fiquei com a ideia há uma vantagem muito segura para Barack Obama. Não será por uma grande margem, mas a suficiente para o recolocar na presidência.


«Um tempo, um destino»

Apontamento nº 4 e último, feito a 6-Nov-2012, dias das eleições,
mas publicado às 12h20 TMG.

Com este apontamento [o nº 4] termino a análise que encetei há uns dias. Foi uma viagem surpreendente, pois utilizei várias ferramentas: iniciei com a análise do Mercúrio retrógrado; a seguinte  foi baseada no «Inauguration Say» [data da tomada de posse] em que usei orbes muito apertadas de 2 graus; depois passei para os trânsitos do dias da eleições, onde me obriguei a usar orbes de 5 graus, bastante apertadas, portanto. Hoje, termino esta série, em pleno dia eleitoral e vou analisar os arcos solares e os mapas progredidos dos candidatos, com a orbe de 1 grau. O que for, soará.

Destinado aos estudantes de astrologia, deixo um link muito interessante de um post do «The Political Astrological Blog», publicado no passado dia 29 Outubro 2012 e que o título de «Astrologers Predict the 2012 Election: Roundup». É o trabalho exaustivo de Chris Brennan, um dos co-autores do blogue, em que compilou ao longo do ano, todos os artigos astrológicos escritos sobre o tema das eleições. O artigo descreve um a um, todos os autores mencionados, com links aos seus artigos e indicando a especialidade astrológica de cada autor: medieval, tradicional, helenístico, renascentista, védico, uraniano, moderno e contemporâneo, etc. São mais os astrólogos que fazem a previsão da vitória de Barack Obama, tal como eu próprio vaticino. Aqui fica o link.


Barack Obama

«Um tempo, um destino»

Arcos Solares - Nenhuma conjunção. A mais próxima é a de Mercúrio em 21º56' Virgem a Marte 22º35' Virgem, o que nos dá uma pequena diferença de alguns minutos. Esta será a tónica dos próximos 4 anos do governo de Obama: tentar persuadir no Congresso e media, sob uma base ideológica que, claramente é contra ele.

Mapa progredido - A Lua progredida de Obama, no dia eleitoral e posicionado para Washington, está em 15º59´de Carneiro/Áries no meio da casa 2, não sendo propriamente uma posição de conforto, encaminha-se para um contacto frutífero com Plutão, regente do Meio-do-Céu. Os orçamentos dos próximos 4 anos serão claramente pensados no país rela dos americanos e para melhorar o nível de vida dos mais desfavorecidos, sem prejudicar a classe média.

O Sol progredido de Obama está em 02º09´de Balança/Libra, na Casa 8 progredida e faz um sextil muito bonito com Mercúrio em 02º20' em Leão, portanto com uma orbe super-apertada de 11´.
Muito bom, por ser um posicionamento muito positivo da sua vitória eleitoral. A sua personalidade suave e não agressiva a comunicar o que pode e deve aos cidadãos do seu país.

O Nodo Norte progredido está em 25º11' de Leão faz uma conjunção com Úrano [regente do Ascendente] em 25º16' de Leão, havendo uma orbe apenas de 5'. Mais apertado é impossível. É aqui que se percebe a natureza cármica do seu destino, por isso, escrevi ontem e repito hoje: «Um tempo, um destino». Até porque esse Nodo Norte progredido está a um 'nada' do Nodo Norte natal, com uma separação de 2 graus. Se eu não tivesse sido tão exigente e determinado a apertar as orbes para 1 graus, estaria agora a considerar esta conjunção como ainda mais significativa que a conjunção a Úrano. Fica a intenção.

Trânsitos do dia das eleições ao mapa progredido - também com apenas 1º de orbe - O Sol em trânsito de Obama [14º41' Escorpião] faz 2 quintis [aspecto importante ligado à criatividade] a Vénus e Júpiter progredidos. Como sabemos estes dois planetas são representativos do dharma e de tudo o que é positivo em astrologia. São chamados de 'benfeitores'.


Mitt Romney

Arcos Solares - Nenhuma conjunção. O aspecto mais próximo é um quindecile [aspecto de 165º tendencialmente obsessivo, mas muito trabalhador e pronuncia-se «Quin-deh-chee’-leh»] de Saturno progredido [06º44' Balança] ao Sol natal [21º11' Peixes]. Estamos a falar de uma diferença 33´. Não é muito favorável ao candidato. Se fosse ao contrário, eu entenderia como sendo muito mais positivo, pois reforçaria a questão da fluidez.

Mapa progredido - Mercúrio progredido [27º11' Touro] faz uma severa oposição à Lua natal de Romney [27º37' Escorpião]. A mensagem está muito comprometida. Não percebo bem o que esteja a falhar na comunicação deste candidato, mas que não lhe é favorável, isso tenho a certeza.

Olhando para Lua progredida Romney [12º02' carneiro/Áries], bem no final da casa 11, verificamos que em 2013 muda-se para a Casa 12 do candidato. Será que uma Lua aprisionada na 12 é o sítio ideal para um presidente de um país enorme e comandante-em-chefe de uma forças armadas com a natureza da americana? Conseguiria manter os seus ideais? Não sei. O que posso dizer é que 2015 e 2016 serão anos excelentes para Mitt Romney. É um novo ciclo que se inicia.

Trânsitos do dia das eleições ao mapa progredido - também com apenas 1º de orbe - A Lua em trânsito [11º01´Leão] faz conjunção ao Plutão progredido do candidato em 11º06' Leão, havendo apenas 5´de orbe. Tanto poder desperdiçado. Hoje será um dia confuso para ele. Mais logo à noite só irá desejar recolher-se, respirar fundo e descansar.

Tantas análises para terminar com o que venho dizendo nos últimos apontamentos: Barack Obama será o vencedor. Só espero que Mercúrio retrógrado não faça demasiados estragos na psique colectiva deste país, dos dois candidatos e do seu numeroso staff.

Muito agradecido a todos.


No Facebook, estes estes textos podem ser encontrados na minha série «Astrologando», nos seguintes apontamentos.

Dados dos candidatos, aqui.
Apontamento nº 1, feito a 3-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 2, feito a 4-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 3, feito a 5-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 4 e último, feito a 6-Nov-2012, 12h20 TMG, aqui.



0 comentários:

3 de novembro de 2012

Eleições presidenciais nos E.U.A. a 6-Nov-2012 - Análise astrológica


Dados dos candidatos e do dia das eleições:

Barack Obama
4 Agosto 1961
19h24 - Time Zone 10hW
Honolulu, Hawaii, USA
21N18'25'' 157W51'30''

Mitt Romney
12 Março 1947
09h51 - Time Zone 5h W
Detroit, Michigan, USA
42N19'53'' 83W02'45''

Mapa do Dia das Eleições USA
6 Novembro 2012
Ou escolhe 8h00 ou 12h00
Time Zone: 5h W
Washington, D.C., USA

Irei deixando aqui uns apontamentos astrológicos sobre estas eleições,
até ao próprio dia 6 Novembro 2012.


Apontamento nº 1 feito a 3-Nov-2012



O que me chama muito a atenção para esse dia, é Mercúrio a fazer um enorme 'bang' nestas eleições, pois é nesse mesmo dia que passa de 'estacionário' a 'retrógrado', o que para este efeito, quer dizer o mesmo. Em horário UT (TMG - fuso horário zero) Mercúrio fica retrógrado às 23h04, em 4º18' Sagitário. No entanto, em Washington [capital das eleições], serão 5 horas menos, portanto, será às 18h04, o que quer dizer que as assembleias de votos ainda não encerraram.

Barack Obama

Este 'bang' mercuriano acontece na casa 10 de Barack Obama. Até fico com suores frios perante a interpretação possível deste posicionamento. A minha primeira ideia foi 'vai ser reeleito', pois o céu quer um retorno ao que estava. Mas fiquei com as minhas dúvidas tolas, porque este Mercúrio em Sagitário faz oposição à Lua natal em Gémeos do candidato. Aí disse para mim mesmo: 'estás tonto, vai ler o que escreveste ainda esta semana sobre Mercúrio e os seus contactos com a Lua'.

Está escrito isto: «Estes contactos permitem-nos separar o trigo do joio no resvaladiço mundo das respostas condicionadas que constituem o nosso sistema de sobrevivência e defesa psicológica. Mercúrio, com rapidez penetra nessa estrutura arcaica tantas vezes, que se torna o disparador semi-consciente dos nossos ‘medos’ e ‘temores’».

Esse será um dia angustiante para Obama. Vai ter que 'parecer', em termos oficiais, mas no íntimo está a separar o trigo do joio, a sentir o temor normal de perda, a sentir-se fortalecido e crente na sua vitória, devido o trígono ao próprio Mercúrio natal de Obama e 2 lindos quintis a Marte natal, assim como ao seu Ascendente. Temos que estar atentos à quadratura a Plutão natal.


Mitt Romney

E o mesmo Mercúrio retrógrado que 'bang' faz no mapa do candidato republicano? Pois, pois! Na casa 7, a do relacionamento com o outro, um-a-um. Tirando o aparelho partidário que o apoia e os anti-Obama, conseguirá este candidato fazer-se ouvir e crescer no reconhecimento do povo americano? Vejo difícil pois este 'bang' faz uma quadratura ao MC de Romney, a cúspide do reconhecimento dos outros.

Por outro lado, este Mercúrio Rx faz aspectos poderosos a planetas natais do candidato: conjunção muito afastada à Lua, quadratura a Marte, trígono a Saturno (muito positivo), um obsessivo quindecile a Úrano (será que à última da hora surgirá alguma surpresa nos seus discursos?), oposição ao Ascendente (não é um posicionamento auspicioso), e uma oposição/conjunção ao eixo nodal (francamente positivo).

Por enquanto, vejo como estando empatados.

Amanhã, continuarei, se Deus quiser.





Apontamento nº 2, feito a 4-Nov-2012

Hoje vamos dar atenção a uma data importante em qualquer eleição: o momento da tomada de posse do candidato eleito. Nos EUA chama-se «Inauguration Day», que nestas eleições vai calhar no Domingo, dia 20 Janeiro 2013. O Congresso Americano, ainda em funções, está a pensar em mudar o dia para segunda-feira, dia 21 de Janeiro. Este ano, farei os possíveis por acompanhar em directo para tomar nota da hora exacta em que o candidato eleito faz o famoso juramento. Esse será um dado precioso, pois é partir dele que construiremos o mapa do governo dos EUA para os próximos 4 anos.

Vou analisar os mapas dos dois candidatos em função do mapa da «Inauguration Day - 20 Janeiro 2013 - 12h00 - Washington, D.C., USA»

Barack Obama

Para fazer este mapa: no interior, o mapa de Obama e no exterior, o mapa da 'Inauguration Day'. Como pretendo imprimir muito rigor a este olhar astrológico, informo já, que só considerarei orbes até 2 graus nos mapas dos dois candidatos. Mais que isso, para este efeito, é como se não existissem, para mim. Vocês, leitores, farão o que entenderem. Depois, podemos argumentar, se quiserem.

Ainda um bocadinho receoso, pois tinha ficado um pouco apreensivo com o Mercúrio retrógrado no dia das eleições, lá olhei para este mapa e parecia magnetismo puro: O Sol do 'Inauguration Day' está a 00º49' de Aquário e o Júpiter natal de Obama está a 00º52Rx, também em Aquário. Uma conjunção perfeita. Foi quando respirei muito mais tranquilo, pois é mais que claro que sou apoiante de Obama [o meu blogue está cheio de referências a ele]. Que magnífico aspecto. Sol e Júpiter em conjunção numa orbe 'ridícula' de 31'. Mais apertado é impossível.

Mas continuemos com outros posicionamentos neste mapa. Ainda dentro dos 2º de orbe, encontrei um aspecto poderoso e muito significativo: Úrano do 'Inauguration Day', 5º14' Carneiro/Áries faz um feliz sextil à Lua de Obama, em Gémeos, a 3º14' - em uma orbe de 1º52´. Este é o aspecto [Úrano sextil/trígono Lua] que dou muita atenção quando tenho que analisar um mapa electivo, pois significa, regra geral, que o evento terá a aceitação da maioria das pessoas e, também, que terá muita gente presente. Este é um dos aspectos que procuro quando me pedem para escolher uma data para eventos muito concretos em Portugal. Alguns tiveram uma dimensão que excederam o que era normal no nosso país. Tenho visto outros eventos serem um flop exactamente por não terem dado atenção a esse pequeno-grande pormenor.

Há muitos outros aspectos, neste mapa, todos dentro dos 2 graus: Plutão em sextil a Neptuno [orbe: 1º24´], Quíron em trígono a Neptuno [orbe: 1º35´], Quíron em conjunção a Quíron [orbe: 1º42´], Neptuno sexi-sextil a Júpiter [orbe: 0º49´]. Há muito tempo que não via um mapa político tão promissor. De alguma maneira já estou a adiantar trabalho para o caso de ter que analisar o mapa do governo dos EUA, resultantes das eleições de 2012.

Antes de terminar, tenho que referir que Obama, neste mapa tem um aspecto difícil e que terá que superar: Saturno do 'Inauguration Day' está em Escorpião (como todos sabemos) a 10º48' e faz uma violenta quadratura ao Sol de Obama, que está em Leão, a 12º33' - em uma orbe de 1º45´. Obama, se for eleito terá muito que penar, pois tentarão contestá-lo continuamente. Mas ele já deve estar psicologicamente preparado para isso, pois nos últimos 3 anos, os media americanos disseram cobras e lagartos dele. Claro que se fosse da raça branca, não seria tão atacado. Alguém duvida de todo esse racismo?

Termino mesmo dizendo que orbes maiores que os 2 graus que me impus a mim mesmo, é só escolhermos. Há com fartura e muito positivos.

Mitt Romney

Vejamos o que se passa no mapa do candidato republicano. O Sol do 'Inauguration Day' em 00º49' de Aquário faz uma severa oposição ao Saturno do candidato, em Leão, a 2º24'Rx. Ui, se for ele o próximo presidente dos EUA, vai ter muito que ouvir. Não é noivo que as mamães gostam de ver ao lado das suas filhas. [ :)) ].

Júpiter do 'Inauguration Day' em Gémeos, a 6º29'Rx faz uma quadratura com Marte do candidato, em Peixes, 6º14´ - em uma orbe de 0º15´. Não é um bom prenúncio. Muito guerra em expansão. O planeta não aguenta mais isso.

Como nem tudo é mau na vida, aqui está um posicionamento simpático: Úrano do 'Inauguration Day', 5º14' Carneiro/Áries faz um feliz semi-sextil a Marte em Peixes, 6º14´ - em uma orbe de 1º00´. Será de esperar mudanças súbitas de orientação governamental, no futuro. Também encontramos Marte em Aquário, 00º49´ a fazer um semi-sextil ao Sol do candidato, em Peixes, 21º11´.

Júpiter do 'Inauguration Day' em Gémeos, a 6º29'Rx faz uma conjunção ao Nodo Norte do candidato em Gémeos, a 6º24'Rx, havendo apenas um orbe de 5´. Este posicionamento é muito bom e darão uma enorme projecção a Mitt Romney em termos mundiais e que, se ele quiser e souber, poderá exercer uma influência enorme nos próximos anos, se tiver a coragem de colocar a inspiração republicana em segundo lugar. Poderia ser o homem que a América necessita nos cenários internacionais. Vamos lá ver se os 'biliões' [o homem é podre de rico] serão mais importantes do que a solidariedade e a política de paz internacional.

Resumindo: desta análise fiquei com a ideia que Barack Obama ganhará estas eleições.





Apontamento nº 3, feito a 5-Nov-2012


Tenho a estranha sensação de ter posto o pescoço na guilhotina, tendo-me atrevido a escrever sobre estas eleições presidenciais americanas de 2012. Procurei e pedi a pessoas amigas que investigassem se astrólogos de língua portuguesa tinham escrito alguma coisa sobre este tema e, aparentemente, não encontrámos de outros colegas. De outras línguas, há inúmeros textos.

No apontamento nº 1 foquei-me no Mercúrio retrógrado; no apontamento nº 2 analisámos o 'Inauguration Day' [dia da tomada de posse]. Hoje, no apontamento nº 3 iremos proceder a uma leitura dos trânsitos dos dois candidatos. Neste mapa, usarei orbes de 5º, como máximo, mesmo nos planetas pessoais [Sol a Marte].

Como sei de fonte segura que muitos amigos e leitores seguem estas coisas que escrevo pois também funcionam como material didáctico para se estudar e aprofundar astrologia. Deixo-vos hoje uma dica que me parece preciosa. Se quiser ver quais são as hipóteses de alguém vencer ou ganhar um evento [exemplo: um concurso de televisão ou uma candidatura presidencial] deve-se avaliar o Meio-do-Céu e as suas condições cósmicas do mapa natal da pessoa em questão. Isto inclui analisar os trânsitos e progressões para o Meio-do-Céu o ao planeta regente do signo que está na cúspide da casa 10. Se for necessário, esta análise poderá incluir, em última análise, os trânsitos importantes ao Meio-do-Céu progredido. Também devemos analisar os planetas que se dirigem para o MC. 

Barack Obama

O Sol é o planeta mais próximo e a dirigir-se ao MC de Barack Obama. Muito significativo, pois representa a individualidade do candidato. No entanto, a fazer má figura nesta pintura temos Mercúrio Rx dentro da Casa 10, o que poderá ser sinónimo de alguma confusão no dia das eleições e que prejudiquem a clareza das mesmas. Os planetas regentes deste MC são Marte e Plutão. Como estão neste cenário?

Marte natal recebe uma quadratura de Marte em trânsito e um trígono do Ascendente. É uma no cravo e outra na ferradura. NO entanto, permito-me considerar muito afortunado este trígono do Ascendente, pois representa o que é visível para os outros. Plutão está em bem pior condição cósmica que o Marte.

Em astrologia mundana, a Lua sugere pessoas e, também, o humor das pessoas e está de acordo com a natureza leonina de Obama. Estão em conjunção [Lua T com Sol N], fazendo com o candidato tenha uma enorme aceitação das pessoas [são milhões os eleitores americanos]. Esta Lua faz um quindecile a Saturno natal, trazendo um foco de experiência no cargo, e fazendo que a sua autoridade saia reforçada. o Saturno em trânsito de Obama faz uma quadratura ao seu Mercúrio natal, fazendo com que o seu estado de espírito possa parecer bastante sombrio. O mapa natal do candidato é regido por Úrano que está em Leão, visto ter Aquário no Ascendente, o que dá uma tonalidade entusiasmante, mesmo que não seja decisivo para as eleições.

O que me agrada ver nestes trânsitos é algo tão subjectivo quanto astrológico: o Nodo Norte [Scorpio] em trânsito do candidato está conjunto ao Meio-do-Céu, imprimindo algo muito etéreo como possa ser «um tempo, um destino» do candidato, pois além de estar a dizer a todos quem é este Ser e o que veio fazer ao planeta, também dar-lhe-á sorte, além do impulso à sua carreira política.

Mitt Romney

Tentando seguir a dica do MC que dei acima, não há nenhum trânsito à cúspide da casa 10. O planeta mais próximo é Marte, o que não será muito benéfico em termos eleitorais, mas se for eleito, teremos uma presidência bastante agressiva. Por outro lado, Úrano como planeta regente do MC está entre o favorecido e o prejudicial, pois recebe se, por um lado, uma conjunção de Júpiter, por outro, tem a oposição de Marte. Eu inclinar-me-ia a conceder pontos positivos por este posicionamento cósmico de Úrano de Romney.

Concentrei-me bastante em perceber uma quadratura T, que em princípio, não será muito benéfica: Marte em trânsito por Sagitário [22º] faz uma quadratura ao Sol natal em Peixes [21º] e uma oposição a Úrano natal em Gémeos [17º]. Uma quadratura de Marte, o enérgico do zodíaco em quadratura ao Sol, a individualidade do candidato. Vejo como bastante prejudicial para ele, tendo Úrano metido nesta quadratura T, imprimindo incertezas e idas ao abismo.

Tenho consciência que simplifiquei muito, mas foi só para dar o pontapé de saída, esperando que os conhecedores de astrologia façam, se quiserem, a continuação.

Resumindo: para ser justo, desta análise fiquei com a ideia há uma vantagem muito segura para Barack Obama. Não será por uma grande margem, mas a suficiente para o recolocar na presidência.


«Um tempo, um destino»

Apontamento nº 4 e último, feito a 6-Nov-2012, dias das eleições,
mas publicado às 12h20 TMG.

Com este apontamento [o nº 4] termino a análise que encetei há uns dias. Foi uma viagem surpreendente, pois utilizei várias ferramentas: iniciei com a análise do Mercúrio retrógrado; a seguinte  foi baseada no «Inauguration Say» [data da tomada de posse] em que usei orbes muito apertadas de 2 graus; depois passei para os trânsitos do dias da eleições, onde me obriguei a usar orbes de 5 graus, bastante apertadas, portanto. Hoje, termino esta série, em pleno dia eleitoral e vou analisar os arcos solares e os mapas progredidos dos candidatos, com a orbe de 1 grau. O que for, soará.

Destinado aos estudantes de astrologia, deixo um link muito interessante de um post do «The Political Astrological Blog», publicado no passado dia 29 Outubro 2012 e que o título de «Astrologers Predict the 2012 Election: Roundup». É o trabalho exaustivo de Chris Brennan, um dos co-autores do blogue, em que compilou ao longo do ano, todos os artigos astrológicos escritos sobre o tema das eleições. O artigo descreve um a um, todos os autores mencionados, com links aos seus artigos e indicando a especialidade astrológica de cada autor: medieval, tradicional, helenístico, renascentista, védico, uraniano, moderno e contemporâneo, etc. São mais os astrólogos que fazem a previsão da vitória de Barack Obama, tal como eu próprio vaticino. Aqui fica o link.


Barack Obama

«Um tempo, um destino»

Arcos Solares - Nenhuma conjunção. A mais próxima é a de Mercúrio em 21º56' Virgem a Marte 22º35' Virgem, o que nos dá uma pequena diferença de alguns minutos. Esta será a tónica dos próximos 4 anos do governo de Obama: tentar persuadir no Congresso e media, sob uma base ideológica que, claramente é contra ele.

Mapa progredido - A Lua progredida de Obama, no dia eleitoral e posicionado para Washington, está em 15º59´de Carneiro/Áries no meio da casa 2, não sendo propriamente uma posição de conforto, encaminha-se para um contacto frutífero com Plutão, regente do Meio-do-Céu. Os orçamentos dos próximos 4 anos serão claramente pensados no país rela dos americanos e para melhorar o nível de vida dos mais desfavorecidos, sem prejudicar a classe média.

O Sol progredido de Obama está em 02º09´de Balança/Libra, na Casa 8 progredida e faz um sextil muito bonito com Mercúrio em 02º20' em Leão, portanto com uma orbe super-apertada de 11´.
Muito bom, por ser um posicionamento muito positivo da sua vitória eleitoral. A sua personalidade suave e não agressiva a comunicar o que pode e deve aos cidadãos do seu país.

O Nodo Norte progredido está em 25º11' de Leão faz uma conjunção com Úrano [regente do Ascendente] em 25º16' de Leão, havendo uma orbe apenas de 5'. Mais apertado é impossível. É aqui que se percebe a natureza cármica do seu destino, por isso, escrevi ontem e repito hoje: «Um tempo, um destino». Até porque esse Nodo Norte progredido está a um 'nada' do Nodo Norte natal, com uma separação de 2 graus. Se eu não tivesse sido tão exigente e determinado a apertar as orbes para 1 graus, estaria agora a considerar esta conjunção como ainda mais significativa que a conjunção a Úrano. Fica a intenção.

Trânsitos do dia das eleições ao mapa progredido - também com apenas 1º de orbe - O Sol em trânsito de Obama [14º41' Escorpião] faz 2 quintis [aspecto importante ligado à criatividade] a Vénus e Júpiter progredidos. Como sabemos estes dois planetas são representativos do dharma e de tudo o que é positivo em astrologia. São chamados de 'benfeitores'.


Mitt Romney

Arcos Solares - Nenhuma conjunção. O aspecto mais próximo é um quindecile [aspecto de 165º tendencialmente obsessivo, mas muito trabalhador e pronuncia-se «Quin-deh-chee’-leh»] de Saturno progredido [06º44' Balança] ao Sol natal [21º11' Peixes]. Estamos a falar de uma diferença 33´. Não é muito favorável ao candidato. Se fosse ao contrário, eu entenderia como sendo muito mais positivo, pois reforçaria a questão da fluidez.

Mapa progredido - Mercúrio progredido [27º11' Touro] faz uma severa oposição à Lua natal de Romney [27º37' Escorpião]. A mensagem está muito comprometida. Não percebo bem o que esteja a falhar na comunicação deste candidato, mas que não lhe é favorável, isso tenho a certeza.

Olhando para Lua progredida Romney [12º02' carneiro/Áries], bem no final da casa 11, verificamos que em 2013 muda-se para a Casa 12 do candidato. Será que uma Lua aprisionada na 12 é o sítio ideal para um presidente de um país enorme e comandante-em-chefe de uma forças armadas com a natureza da americana? Conseguiria manter os seus ideais? Não sei. O que posso dizer é que 2015 e 2016 serão anos excelentes para Mitt Romney. É um novo ciclo que se inicia.

Trânsitos do dia das eleições ao mapa progredido - também com apenas 1º de orbe - A Lua em trânsito [11º01´Leão] faz conjunção ao Plutão progredido do candidato em 11º06' Leão, havendo apenas 5´de orbe. Tanto poder desperdiçado. Hoje será um dia confuso para ele. Mais logo à noite só irá desejar recolher-se, respirar fundo e descansar.

Tantas análises para terminar com o que venho dizendo nos últimos apontamentos: Barack Obama será o vencedor. Só espero que Mercúrio retrógrado não faça demasiados estragos na psique colectiva deste país, dos dois candidatos e do seu numeroso staff.

Muito agradecido a todos.


No Facebook, estes estes textos podem ser encontrados na minha série «Astrologando», nos seguintes apontamentos.

Dados dos candidatos, aqui.
Apontamento nº 1, feito a 3-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 2, feito a 4-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 3, feito a 5-Nov-2012, aqui.
Apontamento nº 4 e último, feito a 6-Nov-2012, 12h20 TMG, aqui.



Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates