Acorda Brasil! Irão mesmo acordar?

23 de junho de 2013 ·


Acorda Brasil - Os brasileiros [e o mundo] assistirão, nos próximos anos, a um choque emocional de proporções épicas de uma só vez naquele país gigantesco? Vá pensando nisso, pois é a democracia a funcionar. As manifestações existem porque a democracia brasileira funciona. 


Podem crer que não foi só a dona Dilma Roussef a ser apanhada de surpresa com tantas e tão gigantescas manifestações, e só ter reagido com o seu discurso [pronunciamento] de quinta-feira, 21 Junho 2013. Demorou exactamente 5 dias. Se fosse aqui em Portugal, demorariam 5 semanas, se não fossem meses.

Já estou enjoado com as «narrativas» dos políticos de ambos os países, assim como dos 'media' e respectivos jornalistas. Repetem-se todos uns aos outros, até à exaustão, sobre as razões das manifestações no Brasil. 

Então, aí, chegou dona Dilma, falou e todinhos ou a maioria, mudaram de direcção e começaram a repetir o que ela disse. Muito divertido, ver como classes política e jornalística de lá e de cá, parecem ser da mesma família, pois têm os mesmos 'tics' e 'jeitos'. Agora criticam que ela queira importar médicos. Há muitos portugueses, sobretudo jovens no desemprego, que não se importariam de ir para o Brasil.

Quem quiser ver o vídeo do pronunciamento da presidenta Dilma, clique aqui: - Quem preferir ler em vez de ver o vídeo, este mesmo discurso, pode clicar aqui. [Muito obrigado, amigo M.D., por me ter dado este vídeo.]

Em meu entender, um discurso notável de uma política que está a apanhar com toda o lixo emocional e psíquico daquele imenso Brasil. Mas ela sabe desenrascar-se bem.

Veja-se o nível desta frase dela, no seu pronunciamento do dia 21 Junho: «O Brasil lutou muito para se tornar um país democrático. E também está lutando muito para se tornar um país mais justo. Não foi fácil chegar onde chegamos, como também não é fácil chegar onde desejam muitos dos que foram às ruas. Só tornaremos isso realidade se fortalecermos a democracia – o poder cidadão e os poderes da República.»

É isso mesmo aí, dona Dilma. Cada vez gosto mais da senhora. Só é possível terem surgido todas estas manifestações porque o Brasil, felizmente, já é um país democrático, com tudo o que bom e menos bom acarreta. O mesmo não se pode ainda dizer dos seus companheiros do BRICS [Brasil + Rússia + Índia + China + África do Sul] Há 20 ou 30 anos seria impossível haver manifestações no Brasil, pois ainda estavam a construir a democracia, após a ditadura. A democracia trouxe melhores condições de vida a milhões de famílias, que apesar de terem mais dinheiro no bolso, perceberam que não eram tão classe média assim, como os outros, os que vivem em urbanizações fortificadas, que eles conseguem ver das ruas, pois apesar de serem classe média, não fazem parte da elite endinheirada [classe média alta e muito alta] que não precisa de frequentar hospitais, escolas e transportes públicos, pois têm poder de compra suficiente para usarem os privados. São uma minoria, mas são quem de facto manda no país e nos políticos [não todos, claro!].

Por haver democracia, felizmente, usaram as redes sociais e juntaram-se, não precisando de sindicatos para nada e exerceram o direito fundamental de, e agora reproduzo mais uma frase de dona Dilma, no seu pronunciamento do dia 21 Junho: «Os manifestantes têm o direito e a liberdade de questionar e criticar tudo, de propor e exigir mudanças, de lutar por mais qualidade de vida, de defender com paixão suas ideias e propostas, mas precisam fazer isso de forma pacífica e ordeira.» Mais uma vez, notável.

As manifestações existem porque a democracia brasileira funciona. 


Eu sei que esta mulher não é muito amada em certos círculos brasileiros. Também sei que sempre que digo qualquer coisa a favor dela, sou autenticamente criticado por dezenas de brasileiras que usam as mensagens privadas para me 'maltratarem' como se essas pessoas fossem as donas da única razão deste mundo. Nunca irão perceber que no campo emocional estão ao mesmo nível da extrema direita que manipulou centenas de manifestantes que partiram para a violência. Dessa violência social, essas mesmas brasileira têm medo, mas a coberto do privado, praticam terrorismo verbal impunemente. E não é questão de Marte em Gémeos. É outra coisa bem diferente: será que não sabem viver em democracia? Mais parece serem adeptas dos 'coronéis' da ditadura. Elas nem sequer sonham que em democracia, devemos usar esta ideia do grande filósofo Voltaire: não estou nada de acordo com o que dizes, mas defenderei até à morte o direito de o dizeres.

Dona Dilma, gosto muito da senhora, viu?!!!

Imagino muitas pessoas, ao lerem isto, terem chegado a este ponto e pensaram: 'então, António, quando é que entras na astrologia?'. 

Não vou ser desmancha prazeres e vou alinhar com os poucos astrólogos brasileiros que se pronunciaram sobre este assunto: vou dar de barato que é a intensa quadratura no céu entre Úrano e Plutão, que começou em 2012 e que só terminará em 2016, sendo que em 17 Março 2015 haverá a última quadratura exacta [partil] no céu entre estes dois planetas. É preciso dar tempo para o afastamento dos dois planetas.

No mapa natal do Brasil, esta quadratura existe de raíz, só que os planetas estão em signos opostos do actual aspecto no céu. Quando D. Pedro proferiu a famosa frase «Independência ou morte!» contra seu pai, o rei português D. João VI, estava longe de imaginar que esse seria o «mantra» brasileiro das últimas centenas de anos. Tem sido assim, desde então, até aos dias recentes em que a democracia começou a funcionar a sério. Quem levantar o mapa do Brasil [7 Setembro 1822 - 16h11 - São Paulo, Brasil] verificará com rapidez que nesse dia, Plutão estava retrógrado em Áries / Carneiro, no grau 0º14' e Úrano estava também retrógrado, em Capricórnio, a 3º24', por sua vez conjunto a Neptuno também retrógrado, em Capricórnio, a 2º30'.

É a influência, aceite por todos que um aspecto no céu, pode replicar no mapa natal. Parece ser o que está a acontecer no Brasil. Por isso, fico feliz com este acordar brasileiro, porque as coisas são como são e nada mais.


Mapa da fundação do Brasil.
Clicar para aumentar e poder ver bem.

Mas, permitam-me fazer um à parte: o «caso» de manifestações mais recentes foi na Turquia [29 Outubro 1923 - 20h30 - Ankara, Turquia] e este país, no seu mapa de fundação, não possui nenhuma quadratura entre Úrano e Plutão. Há, sim, um trígono entre eles, em Água. 

Será que ambos os casos não são farinha do mesmo saco? Não sei como responder. 

Quem quiser aprofundar a questão da quadratura, tem informação aqui: Em 22 Junho 2012 publiquei o meu artigo intitulado «Quadratura no céu entre Úrano e Plutão - Um imenso país chamado FMI» e voltei a republicá-lo em 15 Maio 2013.

Quando escrevi o artigo jamais pensei na possibilidade de no Brasil surgirem estas manifestações tão intensas na atitude e no tempo. E o curioso é que me referi ao Brasil nesse artigo, no contexto de estar dentro do pequeno grupo chamado de BRICS. Um dos países já foi «tocado», o Brasil. Faltam os outros 4. Que acontecerá na África do Sul quando Mandela morrer? E os outros: a China, a Rússia e a Índia? Está tudo muito quietinho?

Mapa da fundação da Turquia
Clicar para aumentar e poder ver bem.

Agora, só agora, imagine-se estou a chegar ao ponto que me norteou desde o início. Quando escrevi, ou melhor, quando me mandaram escrever sobre 2013  creio ter sido claro em várias questões, a saber: 

No perdão à Era de Peixes:

«O meu convite é para que se olhe para este 2013 como um divisor de águas, pois em termos cósmicos estão abertos os caminhos para as mudanças se efectuarem com o mínimo de convulsões sociais e humanas. As pistas dos planetas e signos intervenientes naqueles trígonos, dizem-me que: 2013 é o ano do eixo Virgem - Peixes. O ano do perdão de toda as vidas passadas na Era de Peixes [no mínimo]. É o ano do 33, o Número Mestre da Compaixão, como foi muito bem explicado, aqui, no «Navegante do Infinito» pela minha amiga Ma Jivan Prabhuta. É necessário subirmos até esta vibração do Mestre da Compaixão para conseguirmos olhar para toda a humanidade e percebermos que neste caso especial, ao sentirmos Compaixão, poderemos atingir a liberdade do perdão. Podem perguntar-me e bem: mas porquê pararmos agora para perdoarmos de uma só vez essas vidas desconhecidas do passado? Porque é imperioso avançarmos para a Era de Aquário, sem amarras e restrições. Ou, pelo menos, MUITO aliviados dessas amarras e restrições.»

Eu sinto que é isto que se está a passar no mundo: estamos todos a sermos chamados a exercermos o direito ao perdão do nosso passado. 

Não há culpados, mas também não há inocentes. É necessário avançarmos para a Era de Aquário. E o que é que se faz com um Brasil promissor e gigantesco? Lá em Cima, que Eles são inteligentes, como têm eras e eras de experiência, devem ter decretado: vamos pôr toda esta rapaziada na rua, a libertarem energia do passado, limpando-a e criando uma nova egrégora positiva. Como todos sabemos, há sempre uns quantos que se aproveitam dos outros. Esses, deram o toque de violência e medo a estas manifestações pacíficas. Não há que ter medo.

Não devemos ter medo porque «Essa é uma das razões mais importantes das nossas reencarnações, para todas elas: experimentar e integrar. Experimentar os muitos mapas astrológicos que fomos tendo e integrar no nosso Ser essa aprendizagem, utilizando a Lei do Carma e do Dharma. Já chega de estarmos contentinhos com termos sido o Rei Artur ou a Cleópatra. Mas também já chega de tanto verniz espiritual. É uma canseira.» Texto do mesmo artigo sobre 2013. Continuando com citar-me a mim mesmo, ou melhor, a quem eu represento, à minha hierarquia: «Agora, depois da longa Era de Peixes, está na hora da humanidade e o próprio planeta mudarem de vagão dentro do combóio e seguirem outro ramal, outro caminho, desta vez em direcção à Era de Aquário. Combinado? É isto que aquele eixo Virgem - Peixes representa. A mudança de linha de combóio. A mudança de ramal. A mudança de auto-estrada. Sairmos da pesada e adulta Era de Peixes, cheia de culpas e mal-entendido, para nos situarmos num plano mais levezinho, de adolescente, que simplesmente quer estar na 'boa' [supostamente será assim que as novas criaturas se sentirão na era de Aquário].»

Vocês sabem que o ascendente do Brasil é Aquário?

Os brasileiros adoram dizer que Deus é brasileiro. Olhem que, se não É, pelo menos deve ser primo directo,  do mesmo sangue, pois esse país foi feito à medida Dele.

No plano adolescente e juvenil:

Para nos situarmos num plano mais levezinho, de adolescente, que simplesmente quer estar na 'boa'. É este aspecto que quero propor e antes de mais nada, tenho que pedir desculpa a todos os e as quarentões, cinquentões e sessentões brasileiros que andaram nas manifestações, mas estas são, antes de mais nada uma iniciativa dos jovens, que usaram as redes sociais para convocarem as concentrações. Os «ões» mencionados, aproveitaram a boleia e juntaram-se. Nada contra estes mais maduros, mas devem perceber que fazem parte do grande cenário, mas não são os actores principais, nem sequer os maus da novela. São adereços. Primeiro, limpem o vosso carma da Era de Peixes, depois reencarnem na Era de Aquário, para então poderem... Jamais pensei que alguma vez eu pudesse escrever assim. Mas está escrito e não vou apagar. (Um parêntesis: não tenho nada contra os mais velhos, pois isso sou eu também, aos meus 64 anos. Tenho consciência que o meu prazo de validade está esgotado, mas o de muitos de vocês, também. kkkkkkk.) 

Para mim, a Era de Aquário pertencerá à juventude, quando chegar a hora. Neste momento o que estamos a viver são preparativos para essa Era.

Ainda desse artigo sobre 2013 no «Cova do Urso», isto: «A propósito de adolescente: já repararam que nos últimos anos as grandes vedetas globais são cada vez mais jovens? Justin Bieber e muitos outros [não vou cansar-vos com nomes]. Em Portugal, também. No Brasil, também. Então, na música sertaneja, abundam numerosos exemplos. Já notaram nos grandes desportistas que estão a surgir em todo o mundo e que já desafiam os mais adultos nos stadiuns deste planeta? Sabem quantas medalhas de ouro, prata e bronze foram dadas em Londres a jovens entre os 16 e os 20? Uma infinidade. E quanto aos Grammy's? Nem se fala. Depois crescem e, ou se mantêm na fama ou, simplesmente desaparecem. Toda esta rapaziada juvenil vem incentivar a que milhões de jovens sejam descontraídos, que funcionem no sistema «na boa» e que validem o futuro dessa maneira. De preferência parecendo e vestindo como adolescentes. Para mim, a Era de Aquário pertence-lhes.»

Sei que muita coisa ficou por dizer, mas isto já está enorme e vai provocar a fúria de muitos. Vai ser divertido apreciar a coisa. Os comentários estão abertos para quem quiser. Basta clicar no título do post para conseguir aceder à zona dos comentários. Como a «casa» é minha exercerei o direito de... isso mesmo!

Passem bem,

Beijos & abraços

António
23 Junho 2013



.



21 comentários:

Astrid Annabelle disse...
23 de junho de 2013 às 13:25  

BOM DIA minha alegria...e em grande meu querido António!
Li de um só fôlego...depois irei reler outras vezes para saborear os espaços em branco...
Foi direto e reto...muito bom.

Tenho recebido muitos emails e MP por não estar me manifestando sobre todos estes eventos no Brasil. Foi a minha opção. Mas, estou acompanhando tudo com todos os sentidos ligados.

A dinâmica do invisível neste processo é imensa. Tantos os da Terra como Os do Céu estão em polvorosa....kkkkk

Mas, o final é este mesmo que disse e muito bem dito no seu post.
O agitar das emoções é fundamental para que ocorra a purificação das idéias impregnadas e gastas...e a compaixão ...COM + PAIXÃO ... essencial.
Virar a página sem querer carregar o que já foi e fazer de fato, não só ficar gritando aos quatro ventos o que se deve fazer...começar em casa fazendo.

Irradiando muito Amor para todos dessa nova humanidade!!!!

Parabéns por seu post.
Adorei...e me perdoe o loooonnngooo comentário...é que me empolguei!

Beijão agradecido por me citar...sejamos felizes.

Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...
23 de junho de 2013 às 13:40  

Compartilhado no FB.....ao meu modo...

António Rosa disse...
23 de junho de 2013 às 13:43  

Querida Astrid

Só posso dizer - MUITO OBRIGADO.

Adorei o comentário.

Imagino que também tenha recebido pedidos para se pronunciar, tal como aconteceu comigo.

Muitos beijinhos

António

Astrid Annabelle disse...
23 de junho de 2013 às 14:16  

Pois foi..recebi mesmo pedidos para falar. Mas com o silêncio eu digo mais do que com palavras.

E, apenas explicando um pouco mais:
COM + PAIXÃO é igual a viver com mais capricho, mais atenção, assim como se vive quando estamos apaixonados...ninguém fica pensando no passado, no que foi...Ocupa-se com a sua paixão...com foco... com intensidade...com alegria..simples assim.
Mais um beijo António.
Astrid Annabelle

Flávia Furquim disse...
23 de junho de 2013 às 21:43  

Olá António! Gostei da sua matéria sobre o assunto. Acho interessante uma observação de não brasileiros sobre os fatos que estão acontecendo aqui, bem como sua conexão com os aspectos astrológicos atuais.
Contudo, sobre o mapa astrológico do Brasil, sei que é convencional entre os astrólogos brasileiros atribuir Aquário ao nosso ascendente. Mas sempre achei que Peixes é que nos representava melhor. Há outros astrólogos que também pensam assim, como por exemplo, Elias Mendes, do blog Megastrologia. Eis o link do mapa com Peixes no ascendente:

http://www.megastrologia.com/2012/08/a-astrologia-do-brasil.html

Abraços,

Flávia

António Rosa disse...
24 de junho de 2013 às 09:36  

Olá Flávia Furquim,

Conheço muito bem o blogue do Elias Mendes, de há unas anos para cá.

Há muitos anos atrás também fazia contas a que o ascendente do Brasil fosse Peixes, mas tive que me render à evidência, pois a personalidade do povo brasileiro no seu todo é demasiado aquariana e não é nada do 'está-se bem' pisciano.

Aliás a data da fundação do Brasil começa com esta frase: «Independência ou morte», que como sabe é uma frase bem aquariana e nada pisciana.

Como compreenderá é apenas a minha visão do assunto e, obviamebnte, não é uma verdade absoluta.

Nós portugueses somos do signo Peixes e somos um povo em nada comparável aos amigos brasileiros, até nas manifestações que estão a ocorrer.

Muito agradecido por ter vindo e deixado o seu comentário.

Maria Gloria D'Amico disse...
24 de junho de 2013 às 18:36  

Antonio, adorei mesmo ler esta postagem sobre o Brasil, sobre os brasileiros e sobre tantas questões do momento.

Realmente é uma leitura deliciosa, que prende a ponto de esquecer de piscar os olhos. O seu bom humor foi demais e ri com você, tenha certeza, aqui: "Mas está escrito e não vou apagar. (Um parêntesis: não tenho nada contra os mais velhos, pois isso sou eu também, aos meus 64 anos. Tenho consciência que o meu prazo de validade está esgotado, mas o de muitos de vocês, também. kkkkkkk.)"

Gostei mesmo de saber a opinião de quem não é brasileiro, mas eu 'fico muito na minha' nestas questões políticas e talvez aqui eu tenha encontrado o motivo: uma atriz principal passada, como uma uva ... kkkkkkkkkkkkk ... adorei! Adorei!

Como sempre, aprendo com você! Parabéns querido amigo!

Claro que vou partilhar, um beijo.

Astrid, aproveito para dizer que gostei do que escreveu aqui sobre compaixão! 10! Beijo querida!

MARCELO DALLA disse...
24 de junho de 2013 às 19:07  

kkkkkkkkkkkkkkk
Amigo, achei muita graça nesse seu post. Toca questões importantes, fundamentais, mas com leveza. É isso mesmo, querido! E admiro seu gosto pela Dilma.
Eu confesso, tenho minhas reservas, pq vejo muita coisa errada aqui, muito assunto que já podia ter sido resolvido e que ela nem toca no assunto, e nem se manifesta. O tal Feliciano, preconceituoso, um louco, como representante da comissão dos direitos humanos. Isso é a coisa mais surreal que já vi... só mesmo no Brasil. Mas isso é apenas um detalhe.
Gosto muito da forma como escreve. E viva a democracia!!!

Sobre o mapa do Brasil, tb tenho minhas duvidas quanto ao ascendente. De fato, o lema "independência ou morte" é por demais aquariano!!!!
Tava com saudades de vir aqui te visitar. ;)
abraço

MARCELO DALLA disse...
24 de junho de 2013 às 19:55  

E cá entre nós: muito interessante o fato do pronunciamento da Dilma ter sido feito no dia da entrada do Sol em Câncer, não acha? Patriotismo é uma das palavras-chave do signo. Minha Lua em Câncer teve vontade de chorar enquanto assistia. hehehehe

oriondeepsky disse...
25 de junho de 2013 às 07:34  

Não sei como consegue escrever isto a 29 de Junho. mas adorei!!! Parabéns por 64 anos de sabedoria, conhecimento, experiência, amor e palavras cheias de interioridade e consciência... e sei que não me esqueci de nenhum planeta. Um beijo e muito obrigado!

Sandro69 disse...
25 de junho de 2013 às 13:42  

Muito obrigado Antônio pela análise astrológica do momento atual do Brasil. Estava sentindo falta! Sim, há muito lixo emocional, psíquico sendo liberado. Ainda a ver como isso tudo se encaminha nos próximos meses.

Quanto ao mapa do Brasil, alguns também trabalham com a data da Proclamação da República para analisar a vida política do país. Mas como vc mesmo já sabe, são muitas as possibilidades de análise.

abraços,

Sandro gomes

Flávia Furquim disse...
25 de junho de 2013 às 17:33  

Olá António! Obrigada por responder meu comentário! Não sou astróloga profissional, não tenho conhecimento nem experiência para debater o assunto e nem quero isso. Penso que Astrologia, sendo mais arte que ciência, sempre dará margem a opiniões divergentes e é bom que seja assim, pois isto lhe confere diversidade,abrangência e profundidade. Que bom que existe um espaço onde todos podem se manifestar e compartilhar seus pontos de vista!

Um grande abraço,

Flávia

António Rosa disse...
26 de junho de 2013 às 11:51  

Maria da Glória

Adorei o seu comentário e vou reler. Também gosto d epessoas bem dispostas e a Maria da Glória tem essa boa disposição. Muito obrigado. Beijinho.

António

António Rosa disse...
26 de junho de 2013 às 11:52  

Amigo Marcelo,

Muito obrigado por ter vindo e pelo seu lindo comentário.

Ai, o Feliciano! É mesmo carma, não é? Julgp perceber que no Brasil são 3 os poderes principais: o governo [representado pela Presidente]; os legisladores do vosso parlamento, que é o directo repsonsável sobre o assunto do Feliciano; e o 3º poder é o judicial.

Essa dúvida do Ascendente brasileiro existirá sempre. Mas o seu povo é demasiado alegre e animado para ser pisciano. É mais Aquário.

Grande abraço agradecido, amigo. Sou seu leitor permanente.

António

António Rosa disse...
26 de junho de 2013 às 11:56  

Cara Oriondeepsky

Muito obrigado por me ter chamado a atenção da data. Já emendei. De facto, terminei e publiquei no dia 23 Junho 2013.

Abraço

António

António Rosa disse...
26 de junho de 2013 às 11:57  

Sandro,

Muito obrigado por ter vindo. Imagino que não sejam tempos fáceis por aí, mas melhores tempos virão.

Abraço agradecido

António

lidia z disse...
30 de junho de 2013 às 00:52  

Prezado Urso, googleando na busca de análises astrológicas acerca do momento no país (Brasil), "cai" no seu blog: gostei muito e já o adicionei aos favoritos.
Sua leitura é bem promissória, tomara que seja por ali. A atitude da Dilma me parece rápida e adequada. As passeatas, creio que lhe ajudaram a sacudir a poeira e mexer em estruturas travadíssimas que há pelos menos 20 anos que estão tentando modificar. Com o distanciamento que lhe dá a distância, espero que esteja certo.
Como tb sou sessentona, as vezes se me aparece o perigo golpista, que já vivemos nestas terras.
Em relação ao ascendente do Brasil eu tb penso que seja aquário. Sujiro aos brasileiros que considerem um pais como Uruguai, com ascendente peixes prá perceberem a diferencia.
Um abraço.

Flor de Liss disse...
6 de setembro de 2013 às 10:33  
Este comentário foi removido pelo autor.
Flor de Liss disse...
6 de setembro de 2013 às 10:41  
Este comentário foi removido pelo autor.
Gileno Correia dos Santos disse...
11 de janeiro de 2014 às 00:33  

Povo brasileiro, aconselho que desligue a TV quando começar a propaganda política para evitar de assistir os políticos dizendo que o Brasil só muda para melhor se mudar quem está no poder, isto é mentira porque todo político está no poder de político e não fazem nada para melhorar o Brasil exceto enganar o povo, roubar o dinheiro público em combinação com as empresas por meio da burocracia, fazer do povo brasileiro mula sem cabeça; portanto voto em Dilma porque não é político e sim uma que faz parte do povo brasileiro, não tem intenção de roubar o dinheiro público ao contrário da maioria dos políticos de todo partido político que tem o objetivo de roubar o dinheiro público e enganar o povo. Uma das invenções mais errada dos políticos aqui no Brasil é cobrar do povo, anualmente, o pagamento de IPTU dos municípios onde o povo mora que na realidade é uma grande injustiça e erro esta cobrança pelo mesmo imposto que o povo já paga durante o ano todo, isto é os políticos fazerem do povo mula sem cabeça; cadê que aparece um político com uma proposta de corrigir esse erro e injustiça na política; portanto voto em Dilma porque não é político.

Silvia S Lopes disse...
6 de fevereiro de 2014 às 20:49  

Prezado Urso, te escrevo já distante das manifestações de junho aqui no Brasil,moro em SP capital, na periferia, bairro pobre e me surpreendi com sua sensatez ao comentar no calor dos acontecimentos, enquanto aqui comentaristas, jornalistas e outros 'istas' cuspiam fogo pela boca culpando Dilma e o partido do governo por todos os males da terra e do céu, vejo que tens muito a ensinar aos jornalistas daqui, raro encontrar um tão perspicaz. Não comungo da idéia de que foram movimentos espontâneos, e muitos de nós tem medo dos movimentos que pipocam na AL e dos golpes que aconteceram em Honduras, Paraguai, e fora daqui na Líbia (quem tinha q tirar Kadafi era o povo hj massacrado), Egito, um ensaio na Turquia hj e tb na Ucrânia, não é coincidência, quem já foi vítima de golpistas externos desconfia sempre. A violência foi insuflada a meu ver p criminalizar movimentos sociais legítimos que nunca usaram deste meio e graças aos vândalos serão + perseguidos pela polícia qdo saírem às ruas agora. Muitos brasileiros instruídos e com acesso a toda e qq informação propagam a falsa idéia de que Dilma é a culpada de todos os nossos males, esquecem-se convenientemente das atribuições das outras esferas de poder e dos outros poderes, até buraco nas ruas cobram de Dilma e não dos prefeitos, a mídia é a mestra da desinformação (claro) e os que não tem e os que tem informação propagam, é sempre melhor ter um culpado p apontar não é? A moda agora é dizer que políticos são dispensáveis, e alguns loucos até pedem a volta da ditadura, você acredita na boa índole de pessoas assim? Eu não. Políticos corruptos são o retrato da nossa sociedade mas feio e sujo é sempre o outro, e os que tem comportamento exemplar e que lutam sim pelo povo são esquecidos por esses saudosos da ditadura, ou saudosos do poder, há 3 eleições a maioria do povo diz não a eles por lembrar como vivíamos na era FHC, e eles não se conformam, querem se não tiver outro jeito, um golpe nem que seja golpe judiciário como o do Paraguai, e não será facil, pois quem foi beneficiado pelos governos do PT, não aceitará voltar à era do desemprego, arrocho, desesperança e miséria em que vivíamos. O bom é que você conhece a imprensa, a daqui odeia nosso país e nosso povo, trabalha com afinco pelos ricos e por interesses estrangeiros, enquanto não tivermos essa consciência seremos escravos das mentiras que eles publicam. Brasil não está às mil maravilhas, mas estamos muito melhor do que jamais estivemos sob o governo dos que hj através da mídia e das bocas daqueles que tb não aceitam ver parcela maior do povo c + acesso à renda (mesmo que pouca) apregoam aqui e no exterior. Abraços de quem reencontrou a esperança, a alegria, o otimismo no país c a chegada do PT ao poder, direto da periferia de SP (onde o PSDB só chega c polícia!). PS.: escândalos de corrupção do país não podem ser conhecidos através da mídia oligárquica, é preciso ler mídia alternativa onde se vê todos os lados, sem a defesa dos partidos de direita que a mídia faz há mais de 500 anos. Sobre o famoso 'mensalão' ou mentirão é bom que se leia a blogosfera p questionar a diferença de tratamento no julgamento do PT, DEM PSDB com o mesmo esquema d caixa 2 que tds os partidos fazem e continuarão fazendo pq financiamento de campanha privado é p isso, fomentar corrupção, se fosse público como PT pede há anos risco d corrupção seria mto menor, enfim são muitas infos e pouco espaço p tantas estranhezas do meu país ainda assim tão amado. Abraço grande.

23 de junho de 2013

Acorda Brasil! Irão mesmo acordar?


Acorda Brasil - Os brasileiros [e o mundo] assistirão, nos próximos anos, a um choque emocional de proporções épicas de uma só vez naquele país gigantesco? Vá pensando nisso, pois é a democracia a funcionar. As manifestações existem porque a democracia brasileira funciona. 


Podem crer que não foi só a dona Dilma Roussef a ser apanhada de surpresa com tantas e tão gigantescas manifestações, e só ter reagido com o seu discurso [pronunciamento] de quinta-feira, 21 Junho 2013. Demorou exactamente 5 dias. Se fosse aqui em Portugal, demorariam 5 semanas, se não fossem meses.

Já estou enjoado com as «narrativas» dos políticos de ambos os países, assim como dos 'media' e respectivos jornalistas. Repetem-se todos uns aos outros, até à exaustão, sobre as razões das manifestações no Brasil. 

Então, aí, chegou dona Dilma, falou e todinhos ou a maioria, mudaram de direcção e começaram a repetir o que ela disse. Muito divertido, ver como classes política e jornalística de lá e de cá, parecem ser da mesma família, pois têm os mesmos 'tics' e 'jeitos'. Agora criticam que ela queira importar médicos. Há muitos portugueses, sobretudo jovens no desemprego, que não se importariam de ir para o Brasil.

Quem quiser ver o vídeo do pronunciamento da presidenta Dilma, clique aqui: - Quem preferir ler em vez de ver o vídeo, este mesmo discurso, pode clicar aqui. [Muito obrigado, amigo M.D., por me ter dado este vídeo.]

Em meu entender, um discurso notável de uma política que está a apanhar com toda o lixo emocional e psíquico daquele imenso Brasil. Mas ela sabe desenrascar-se bem.

Veja-se o nível desta frase dela, no seu pronunciamento do dia 21 Junho: «O Brasil lutou muito para se tornar um país democrático. E também está lutando muito para se tornar um país mais justo. Não foi fácil chegar onde chegamos, como também não é fácil chegar onde desejam muitos dos que foram às ruas. Só tornaremos isso realidade se fortalecermos a democracia – o poder cidadão e os poderes da República.»

É isso mesmo aí, dona Dilma. Cada vez gosto mais da senhora. Só é possível terem surgido todas estas manifestações porque o Brasil, felizmente, já é um país democrático, com tudo o que bom e menos bom acarreta. O mesmo não se pode ainda dizer dos seus companheiros do BRICS [Brasil + Rússia + Índia + China + África do Sul] Há 20 ou 30 anos seria impossível haver manifestações no Brasil, pois ainda estavam a construir a democracia, após a ditadura. A democracia trouxe melhores condições de vida a milhões de famílias, que apesar de terem mais dinheiro no bolso, perceberam que não eram tão classe média assim, como os outros, os que vivem em urbanizações fortificadas, que eles conseguem ver das ruas, pois apesar de serem classe média, não fazem parte da elite endinheirada [classe média alta e muito alta] que não precisa de frequentar hospitais, escolas e transportes públicos, pois têm poder de compra suficiente para usarem os privados. São uma minoria, mas são quem de facto manda no país e nos políticos [não todos, claro!].

Por haver democracia, felizmente, usaram as redes sociais e juntaram-se, não precisando de sindicatos para nada e exerceram o direito fundamental de, e agora reproduzo mais uma frase de dona Dilma, no seu pronunciamento do dia 21 Junho: «Os manifestantes têm o direito e a liberdade de questionar e criticar tudo, de propor e exigir mudanças, de lutar por mais qualidade de vida, de defender com paixão suas ideias e propostas, mas precisam fazer isso de forma pacífica e ordeira.» Mais uma vez, notável.

As manifestações existem porque a democracia brasileira funciona. 


Eu sei que esta mulher não é muito amada em certos círculos brasileiros. Também sei que sempre que digo qualquer coisa a favor dela, sou autenticamente criticado por dezenas de brasileiras que usam as mensagens privadas para me 'maltratarem' como se essas pessoas fossem as donas da única razão deste mundo. Nunca irão perceber que no campo emocional estão ao mesmo nível da extrema direita que manipulou centenas de manifestantes que partiram para a violência. Dessa violência social, essas mesmas brasileira têm medo, mas a coberto do privado, praticam terrorismo verbal impunemente. E não é questão de Marte em Gémeos. É outra coisa bem diferente: será que não sabem viver em democracia? Mais parece serem adeptas dos 'coronéis' da ditadura. Elas nem sequer sonham que em democracia, devemos usar esta ideia do grande filósofo Voltaire: não estou nada de acordo com o que dizes, mas defenderei até à morte o direito de o dizeres.

Dona Dilma, gosto muito da senhora, viu?!!!

Imagino muitas pessoas, ao lerem isto, terem chegado a este ponto e pensaram: 'então, António, quando é que entras na astrologia?'. 

Não vou ser desmancha prazeres e vou alinhar com os poucos astrólogos brasileiros que se pronunciaram sobre este assunto: vou dar de barato que é a intensa quadratura no céu entre Úrano e Plutão, que começou em 2012 e que só terminará em 2016, sendo que em 17 Março 2015 haverá a última quadratura exacta [partil] no céu entre estes dois planetas. É preciso dar tempo para o afastamento dos dois planetas.

No mapa natal do Brasil, esta quadratura existe de raíz, só que os planetas estão em signos opostos do actual aspecto no céu. Quando D. Pedro proferiu a famosa frase «Independência ou morte!» contra seu pai, o rei português D. João VI, estava longe de imaginar que esse seria o «mantra» brasileiro das últimas centenas de anos. Tem sido assim, desde então, até aos dias recentes em que a democracia começou a funcionar a sério. Quem levantar o mapa do Brasil [7 Setembro 1822 - 16h11 - São Paulo, Brasil] verificará com rapidez que nesse dia, Plutão estava retrógrado em Áries / Carneiro, no grau 0º14' e Úrano estava também retrógrado, em Capricórnio, a 3º24', por sua vez conjunto a Neptuno também retrógrado, em Capricórnio, a 2º30'.

É a influência, aceite por todos que um aspecto no céu, pode replicar no mapa natal. Parece ser o que está a acontecer no Brasil. Por isso, fico feliz com este acordar brasileiro, porque as coisas são como são e nada mais.


Mapa da fundação do Brasil.
Clicar para aumentar e poder ver bem.

Mas, permitam-me fazer um à parte: o «caso» de manifestações mais recentes foi na Turquia [29 Outubro 1923 - 20h30 - Ankara, Turquia] e este país, no seu mapa de fundação, não possui nenhuma quadratura entre Úrano e Plutão. Há, sim, um trígono entre eles, em Água. 

Será que ambos os casos não são farinha do mesmo saco? Não sei como responder. 

Quem quiser aprofundar a questão da quadratura, tem informação aqui: Em 22 Junho 2012 publiquei o meu artigo intitulado «Quadratura no céu entre Úrano e Plutão - Um imenso país chamado FMI» e voltei a republicá-lo em 15 Maio 2013.

Quando escrevi o artigo jamais pensei na possibilidade de no Brasil surgirem estas manifestações tão intensas na atitude e no tempo. E o curioso é que me referi ao Brasil nesse artigo, no contexto de estar dentro do pequeno grupo chamado de BRICS. Um dos países já foi «tocado», o Brasil. Faltam os outros 4. Que acontecerá na África do Sul quando Mandela morrer? E os outros: a China, a Rússia e a Índia? Está tudo muito quietinho?

Mapa da fundação da Turquia
Clicar para aumentar e poder ver bem.

Agora, só agora, imagine-se estou a chegar ao ponto que me norteou desde o início. Quando escrevi, ou melhor, quando me mandaram escrever sobre 2013  creio ter sido claro em várias questões, a saber: 

No perdão à Era de Peixes:

«O meu convite é para que se olhe para este 2013 como um divisor de águas, pois em termos cósmicos estão abertos os caminhos para as mudanças se efectuarem com o mínimo de convulsões sociais e humanas. As pistas dos planetas e signos intervenientes naqueles trígonos, dizem-me que: 2013 é o ano do eixo Virgem - Peixes. O ano do perdão de toda as vidas passadas na Era de Peixes [no mínimo]. É o ano do 33, o Número Mestre da Compaixão, como foi muito bem explicado, aqui, no «Navegante do Infinito» pela minha amiga Ma Jivan Prabhuta. É necessário subirmos até esta vibração do Mestre da Compaixão para conseguirmos olhar para toda a humanidade e percebermos que neste caso especial, ao sentirmos Compaixão, poderemos atingir a liberdade do perdão. Podem perguntar-me e bem: mas porquê pararmos agora para perdoarmos de uma só vez essas vidas desconhecidas do passado? Porque é imperioso avançarmos para a Era de Aquário, sem amarras e restrições. Ou, pelo menos, MUITO aliviados dessas amarras e restrições.»

Eu sinto que é isto que se está a passar no mundo: estamos todos a sermos chamados a exercermos o direito ao perdão do nosso passado. 

Não há culpados, mas também não há inocentes. É necessário avançarmos para a Era de Aquário. E o que é que se faz com um Brasil promissor e gigantesco? Lá em Cima, que Eles são inteligentes, como têm eras e eras de experiência, devem ter decretado: vamos pôr toda esta rapaziada na rua, a libertarem energia do passado, limpando-a e criando uma nova egrégora positiva. Como todos sabemos, há sempre uns quantos que se aproveitam dos outros. Esses, deram o toque de violência e medo a estas manifestações pacíficas. Não há que ter medo.

Não devemos ter medo porque «Essa é uma das razões mais importantes das nossas reencarnações, para todas elas: experimentar e integrar. Experimentar os muitos mapas astrológicos que fomos tendo e integrar no nosso Ser essa aprendizagem, utilizando a Lei do Carma e do Dharma. Já chega de estarmos contentinhos com termos sido o Rei Artur ou a Cleópatra. Mas também já chega de tanto verniz espiritual. É uma canseira.» Texto do mesmo artigo sobre 2013. Continuando com citar-me a mim mesmo, ou melhor, a quem eu represento, à minha hierarquia: «Agora, depois da longa Era de Peixes, está na hora da humanidade e o próprio planeta mudarem de vagão dentro do combóio e seguirem outro ramal, outro caminho, desta vez em direcção à Era de Aquário. Combinado? É isto que aquele eixo Virgem - Peixes representa. A mudança de linha de combóio. A mudança de ramal. A mudança de auto-estrada. Sairmos da pesada e adulta Era de Peixes, cheia de culpas e mal-entendido, para nos situarmos num plano mais levezinho, de adolescente, que simplesmente quer estar na 'boa' [supostamente será assim que as novas criaturas se sentirão na era de Aquário].»

Vocês sabem que o ascendente do Brasil é Aquário?

Os brasileiros adoram dizer que Deus é brasileiro. Olhem que, se não É, pelo menos deve ser primo directo,  do mesmo sangue, pois esse país foi feito à medida Dele.

No plano adolescente e juvenil:

Para nos situarmos num plano mais levezinho, de adolescente, que simplesmente quer estar na 'boa'. É este aspecto que quero propor e antes de mais nada, tenho que pedir desculpa a todos os e as quarentões, cinquentões e sessentões brasileiros que andaram nas manifestações, mas estas são, antes de mais nada uma iniciativa dos jovens, que usaram as redes sociais para convocarem as concentrações. Os «ões» mencionados, aproveitaram a boleia e juntaram-se. Nada contra estes mais maduros, mas devem perceber que fazem parte do grande cenário, mas não são os actores principais, nem sequer os maus da novela. São adereços. Primeiro, limpem o vosso carma da Era de Peixes, depois reencarnem na Era de Aquário, para então poderem... Jamais pensei que alguma vez eu pudesse escrever assim. Mas está escrito e não vou apagar. (Um parêntesis: não tenho nada contra os mais velhos, pois isso sou eu também, aos meus 64 anos. Tenho consciência que o meu prazo de validade está esgotado, mas o de muitos de vocês, também. kkkkkkk.) 

Para mim, a Era de Aquário pertencerá à juventude, quando chegar a hora. Neste momento o que estamos a viver são preparativos para essa Era.

Ainda desse artigo sobre 2013 no «Cova do Urso», isto: «A propósito de adolescente: já repararam que nos últimos anos as grandes vedetas globais são cada vez mais jovens? Justin Bieber e muitos outros [não vou cansar-vos com nomes]. Em Portugal, também. No Brasil, também. Então, na música sertaneja, abundam numerosos exemplos. Já notaram nos grandes desportistas que estão a surgir em todo o mundo e que já desafiam os mais adultos nos stadiuns deste planeta? Sabem quantas medalhas de ouro, prata e bronze foram dadas em Londres a jovens entre os 16 e os 20? Uma infinidade. E quanto aos Grammy's? Nem se fala. Depois crescem e, ou se mantêm na fama ou, simplesmente desaparecem. Toda esta rapaziada juvenil vem incentivar a que milhões de jovens sejam descontraídos, que funcionem no sistema «na boa» e que validem o futuro dessa maneira. De preferência parecendo e vestindo como adolescentes. Para mim, a Era de Aquário pertence-lhes.»

Sei que muita coisa ficou por dizer, mas isto já está enorme e vai provocar a fúria de muitos. Vai ser divertido apreciar a coisa. Os comentários estão abertos para quem quiser. Basta clicar no título do post para conseguir aceder à zona dos comentários. Como a «casa» é minha exercerei o direito de... isso mesmo!

Passem bem,

Beijos & abraços

António
23 Junho 2013



.



21 comentários:

Astrid Annabelle disse...

BOM DIA minha alegria...e em grande meu querido António!
Li de um só fôlego...depois irei reler outras vezes para saborear os espaços em branco...
Foi direto e reto...muito bom.

Tenho recebido muitos emails e MP por não estar me manifestando sobre todos estes eventos no Brasil. Foi a minha opção. Mas, estou acompanhando tudo com todos os sentidos ligados.

A dinâmica do invisível neste processo é imensa. Tantos os da Terra como Os do Céu estão em polvorosa....kkkkk

Mas, o final é este mesmo que disse e muito bem dito no seu post.
O agitar das emoções é fundamental para que ocorra a purificação das idéias impregnadas e gastas...e a compaixão ...COM + PAIXÃO ... essencial.
Virar a página sem querer carregar o que já foi e fazer de fato, não só ficar gritando aos quatro ventos o que se deve fazer...começar em casa fazendo.

Irradiando muito Amor para todos dessa nova humanidade!!!!

Parabéns por seu post.
Adorei...e me perdoe o loooonnngooo comentário...é que me empolguei!

Beijão agradecido por me citar...sejamos felizes.

Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Compartilhado no FB.....ao meu modo...

António Rosa disse...

Querida Astrid

Só posso dizer - MUITO OBRIGADO.

Adorei o comentário.

Imagino que também tenha recebido pedidos para se pronunciar, tal como aconteceu comigo.

Muitos beijinhos

António

Astrid Annabelle disse...

Pois foi..recebi mesmo pedidos para falar. Mas com o silêncio eu digo mais do que com palavras.

E, apenas explicando um pouco mais:
COM + PAIXÃO é igual a viver com mais capricho, mais atenção, assim como se vive quando estamos apaixonados...ninguém fica pensando no passado, no que foi...Ocupa-se com a sua paixão...com foco... com intensidade...com alegria..simples assim.
Mais um beijo António.
Astrid Annabelle

Flávia Furquim disse...

Olá António! Gostei da sua matéria sobre o assunto. Acho interessante uma observação de não brasileiros sobre os fatos que estão acontecendo aqui, bem como sua conexão com os aspectos astrológicos atuais.
Contudo, sobre o mapa astrológico do Brasil, sei que é convencional entre os astrólogos brasileiros atribuir Aquário ao nosso ascendente. Mas sempre achei que Peixes é que nos representava melhor. Há outros astrólogos que também pensam assim, como por exemplo, Elias Mendes, do blog Megastrologia. Eis o link do mapa com Peixes no ascendente:

http://www.megastrologia.com/2012/08/a-astrologia-do-brasil.html

Abraços,

Flávia

António Rosa disse...

Olá Flávia Furquim,

Conheço muito bem o blogue do Elias Mendes, de há unas anos para cá.

Há muitos anos atrás também fazia contas a que o ascendente do Brasil fosse Peixes, mas tive que me render à evidência, pois a personalidade do povo brasileiro no seu todo é demasiado aquariana e não é nada do 'está-se bem' pisciano.

Aliás a data da fundação do Brasil começa com esta frase: «Independência ou morte», que como sabe é uma frase bem aquariana e nada pisciana.

Como compreenderá é apenas a minha visão do assunto e, obviamebnte, não é uma verdade absoluta.

Nós portugueses somos do signo Peixes e somos um povo em nada comparável aos amigos brasileiros, até nas manifestações que estão a ocorrer.

Muito agradecido por ter vindo e deixado o seu comentário.

Maria Gloria D'Amico disse...

Antonio, adorei mesmo ler esta postagem sobre o Brasil, sobre os brasileiros e sobre tantas questões do momento.

Realmente é uma leitura deliciosa, que prende a ponto de esquecer de piscar os olhos. O seu bom humor foi demais e ri com você, tenha certeza, aqui: "Mas está escrito e não vou apagar. (Um parêntesis: não tenho nada contra os mais velhos, pois isso sou eu também, aos meus 64 anos. Tenho consciência que o meu prazo de validade está esgotado, mas o de muitos de vocês, também. kkkkkkk.)"

Gostei mesmo de saber a opinião de quem não é brasileiro, mas eu 'fico muito na minha' nestas questões políticas e talvez aqui eu tenha encontrado o motivo: uma atriz principal passada, como uma uva ... kkkkkkkkkkkkk ... adorei! Adorei!

Como sempre, aprendo com você! Parabéns querido amigo!

Claro que vou partilhar, um beijo.

Astrid, aproveito para dizer que gostei do que escreveu aqui sobre compaixão! 10! Beijo querida!

MARCELO DALLA disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Amigo, achei muita graça nesse seu post. Toca questões importantes, fundamentais, mas com leveza. É isso mesmo, querido! E admiro seu gosto pela Dilma.
Eu confesso, tenho minhas reservas, pq vejo muita coisa errada aqui, muito assunto que já podia ter sido resolvido e que ela nem toca no assunto, e nem se manifesta. O tal Feliciano, preconceituoso, um louco, como representante da comissão dos direitos humanos. Isso é a coisa mais surreal que já vi... só mesmo no Brasil. Mas isso é apenas um detalhe.
Gosto muito da forma como escreve. E viva a democracia!!!

Sobre o mapa do Brasil, tb tenho minhas duvidas quanto ao ascendente. De fato, o lema "independência ou morte" é por demais aquariano!!!!
Tava com saudades de vir aqui te visitar. ;)
abraço

MARCELO DALLA disse...

E cá entre nós: muito interessante o fato do pronunciamento da Dilma ter sido feito no dia da entrada do Sol em Câncer, não acha? Patriotismo é uma das palavras-chave do signo. Minha Lua em Câncer teve vontade de chorar enquanto assistia. hehehehe

oriondeepsky disse...

Não sei como consegue escrever isto a 29 de Junho. mas adorei!!! Parabéns por 64 anos de sabedoria, conhecimento, experiência, amor e palavras cheias de interioridade e consciência... e sei que não me esqueci de nenhum planeta. Um beijo e muito obrigado!

Sandro69 disse...

Muito obrigado Antônio pela análise astrológica do momento atual do Brasil. Estava sentindo falta! Sim, há muito lixo emocional, psíquico sendo liberado. Ainda a ver como isso tudo se encaminha nos próximos meses.

Quanto ao mapa do Brasil, alguns também trabalham com a data da Proclamação da República para analisar a vida política do país. Mas como vc mesmo já sabe, são muitas as possibilidades de análise.

abraços,

Sandro gomes

Flávia Furquim disse...

Olá António! Obrigada por responder meu comentário! Não sou astróloga profissional, não tenho conhecimento nem experiência para debater o assunto e nem quero isso. Penso que Astrologia, sendo mais arte que ciência, sempre dará margem a opiniões divergentes e é bom que seja assim, pois isto lhe confere diversidade,abrangência e profundidade. Que bom que existe um espaço onde todos podem se manifestar e compartilhar seus pontos de vista!

Um grande abraço,

Flávia

António Rosa disse...

Maria da Glória

Adorei o seu comentário e vou reler. Também gosto d epessoas bem dispostas e a Maria da Glória tem essa boa disposição. Muito obrigado. Beijinho.

António

António Rosa disse...

Amigo Marcelo,

Muito obrigado por ter vindo e pelo seu lindo comentário.

Ai, o Feliciano! É mesmo carma, não é? Julgp perceber que no Brasil são 3 os poderes principais: o governo [representado pela Presidente]; os legisladores do vosso parlamento, que é o directo repsonsável sobre o assunto do Feliciano; e o 3º poder é o judicial.

Essa dúvida do Ascendente brasileiro existirá sempre. Mas o seu povo é demasiado alegre e animado para ser pisciano. É mais Aquário.

Grande abraço agradecido, amigo. Sou seu leitor permanente.

António

António Rosa disse...

Cara Oriondeepsky

Muito obrigado por me ter chamado a atenção da data. Já emendei. De facto, terminei e publiquei no dia 23 Junho 2013.

Abraço

António

António Rosa disse...

Sandro,

Muito obrigado por ter vindo. Imagino que não sejam tempos fáceis por aí, mas melhores tempos virão.

Abraço agradecido

António

lidia z disse...

Prezado Urso, googleando na busca de análises astrológicas acerca do momento no país (Brasil), "cai" no seu blog: gostei muito e já o adicionei aos favoritos.
Sua leitura é bem promissória, tomara que seja por ali. A atitude da Dilma me parece rápida e adequada. As passeatas, creio que lhe ajudaram a sacudir a poeira e mexer em estruturas travadíssimas que há pelos menos 20 anos que estão tentando modificar. Com o distanciamento que lhe dá a distância, espero que esteja certo.
Como tb sou sessentona, as vezes se me aparece o perigo golpista, que já vivemos nestas terras.
Em relação ao ascendente do Brasil eu tb penso que seja aquário. Sujiro aos brasileiros que considerem um pais como Uruguai, com ascendente peixes prá perceberem a diferencia.
Um abraço.

Flor de Liss disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flor de Liss disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gileno Correia dos Santos disse...

Povo brasileiro, aconselho que desligue a TV quando começar a propaganda política para evitar de assistir os políticos dizendo que o Brasil só muda para melhor se mudar quem está no poder, isto é mentira porque todo político está no poder de político e não fazem nada para melhorar o Brasil exceto enganar o povo, roubar o dinheiro público em combinação com as empresas por meio da burocracia, fazer do povo brasileiro mula sem cabeça; portanto voto em Dilma porque não é político e sim uma que faz parte do povo brasileiro, não tem intenção de roubar o dinheiro público ao contrário da maioria dos políticos de todo partido político que tem o objetivo de roubar o dinheiro público e enganar o povo. Uma das invenções mais errada dos políticos aqui no Brasil é cobrar do povo, anualmente, o pagamento de IPTU dos municípios onde o povo mora que na realidade é uma grande injustiça e erro esta cobrança pelo mesmo imposto que o povo já paga durante o ano todo, isto é os políticos fazerem do povo mula sem cabeça; cadê que aparece um político com uma proposta de corrigir esse erro e injustiça na política; portanto voto em Dilma porque não é político.

Silvia S Lopes disse...

Prezado Urso, te escrevo já distante das manifestações de junho aqui no Brasil,moro em SP capital, na periferia, bairro pobre e me surpreendi com sua sensatez ao comentar no calor dos acontecimentos, enquanto aqui comentaristas, jornalistas e outros 'istas' cuspiam fogo pela boca culpando Dilma e o partido do governo por todos os males da terra e do céu, vejo que tens muito a ensinar aos jornalistas daqui, raro encontrar um tão perspicaz. Não comungo da idéia de que foram movimentos espontâneos, e muitos de nós tem medo dos movimentos que pipocam na AL e dos golpes que aconteceram em Honduras, Paraguai, e fora daqui na Líbia (quem tinha q tirar Kadafi era o povo hj massacrado), Egito, um ensaio na Turquia hj e tb na Ucrânia, não é coincidência, quem já foi vítima de golpistas externos desconfia sempre. A violência foi insuflada a meu ver p criminalizar movimentos sociais legítimos que nunca usaram deste meio e graças aos vândalos serão + perseguidos pela polícia qdo saírem às ruas agora. Muitos brasileiros instruídos e com acesso a toda e qq informação propagam a falsa idéia de que Dilma é a culpada de todos os nossos males, esquecem-se convenientemente das atribuições das outras esferas de poder e dos outros poderes, até buraco nas ruas cobram de Dilma e não dos prefeitos, a mídia é a mestra da desinformação (claro) e os que não tem e os que tem informação propagam, é sempre melhor ter um culpado p apontar não é? A moda agora é dizer que políticos são dispensáveis, e alguns loucos até pedem a volta da ditadura, você acredita na boa índole de pessoas assim? Eu não. Políticos corruptos são o retrato da nossa sociedade mas feio e sujo é sempre o outro, e os que tem comportamento exemplar e que lutam sim pelo povo são esquecidos por esses saudosos da ditadura, ou saudosos do poder, há 3 eleições a maioria do povo diz não a eles por lembrar como vivíamos na era FHC, e eles não se conformam, querem se não tiver outro jeito, um golpe nem que seja golpe judiciário como o do Paraguai, e não será facil, pois quem foi beneficiado pelos governos do PT, não aceitará voltar à era do desemprego, arrocho, desesperança e miséria em que vivíamos. O bom é que você conhece a imprensa, a daqui odeia nosso país e nosso povo, trabalha com afinco pelos ricos e por interesses estrangeiros, enquanto não tivermos essa consciência seremos escravos das mentiras que eles publicam. Brasil não está às mil maravilhas, mas estamos muito melhor do que jamais estivemos sob o governo dos que hj através da mídia e das bocas daqueles que tb não aceitam ver parcela maior do povo c + acesso à renda (mesmo que pouca) apregoam aqui e no exterior. Abraços de quem reencontrou a esperança, a alegria, o otimismo no país c a chegada do PT ao poder, direto da periferia de SP (onde o PSDB só chega c polícia!). PS.: escândalos de corrupção do país não podem ser conhecidos através da mídia oligárquica, é preciso ler mídia alternativa onde se vê todos os lados, sem a defesa dos partidos de direita que a mídia faz há mais de 500 anos. Sobre o famoso 'mensalão' ou mentirão é bom que se leia a blogosfera p questionar a diferença de tratamento no julgamento do PT, DEM PSDB com o mesmo esquema d caixa 2 que tds os partidos fazem e continuarão fazendo pq financiamento de campanha privado é p isso, fomentar corrupção, se fosse público como PT pede há anos risco d corrupção seria mto menor, enfim são muitas infos e pouco espaço p tantas estranhezas do meu país ainda assim tão amado. Abraço grande.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates