A caminho de deixar deixar de lado a insulina

6 de outubro de 2014 ·



Bom dia a todos,

Hoje iniciei o dia indo ao hospital onde estive internado em Fevereiro passado, mas pretendo partilhar com todos os Amigos, visíveis e invisíveis, uma situação que me preocupava e que, pelos vistos, as minhas células genéticas, os meus guias com a ajuda decidida da minha médica [só não digo o nome dela por uma quesrão de delicadeza], decidimos todos inverter uma situação delicada.

Fui internado em Fevereiro, por ter tido uma crise fortíssima em que a contagem das minhas glicémias era altíssima [sempre superior a 500 unidades - uma loucura! À beira da morte!]. Ou seja, esta a... ir-me, a... ir-me, por única responsabilidade minha, não que tenha acordado com 'Eles' essa data. Era apenas uma cretinice da minha parte. As implicações laterais eram enormes: coração, circulação, pâncreas, pulmões, etc. E a luta muitíssimo difícil contra o excesso de peso. Para quê mentir-vos? Não vale de nada!

Eu sabia que tinha um compromisso de preparar em termos esotéricos, um pequeno-grande grupo de alunos e fazer-lhes a «Iniciação em Astrologia» [entendam esta expressão como quiserem, dos cépticos aos que aceitam estas ideias]. E estando num estado tão avançado de crise, não me seria possível cumprir a minha promessa à minha [nossa] Hierarquia Espiritual Portuguesa.

Assim, dedici cumprir rigorosamente, as indicações recebidas, quer a nível de medicina tradicional, quer da outra, a metafísica e invisível. E fui avançando.

Até que chegou o dia da 1ª aula desse tal curso de «Iniciação». Não menti a nenhum dos alunos. Logo, nos primeiros minutos, eles devem lembrar-se bem, disse-lhes que estam ali reunidos, pois tinham uma única condição em comum. Ainda hoje, um mês depois, relembro-me com muito carinho das caras deles. E expliquei-lhes: vocês estão aqui porque todos têm no vosso mapa o potencial de uma grande «mediunidade», portanto o que vos posso ensinar «a sério» é aquilo que não vem nos manuais, porque os outros temas mais básicos da astrologia, além de eu próprio ter no meu blogue «Cova do Urso» [ http://cova-do-urso.blogspot.pt/ ], material escrito para um curso de 4 ou 5 anos, também o site «Escola de Astrologia Nova-Lis» [ http://www.nova-lis.com/ ] possui o mesmo material e existem na internet muitos websites onde podem estudar e tirarem informações. E tive o cuidado de lhes ensinar onde procurar. Obviamente que falaremos muito nisso, pois é uma iniciação a sério.

É evidente que eu também sabia que daquele grupo numeroso inicial, haveria 3 ou 4 pessoas tão mentais que teriam dificuldade em manter-se no curso. Foi aí que pedi aos meus Amigos: que fique quem tiver que ficar, os outros podem seguir o seu caminho, com muito amor da minha parte.

Isto tudo para vos dizer, que como comecei a cumprir a minha parte [com a Hierarquia] também tive a respectiva contrapartida. As minhas glicémias começaram a descer, a descer, a descer, que dos iniciais 500 e tal passaram em alguns meses para um a média de 80 a 100, havendo muitos dias que descem ainda mais.

Resultado: as previsões apontam que, como eu sorri muito para o meu pâncreas, ele reagiu bem e agora, oficialmente, a notícia é a oposta: estamos todos juntos a trabalharmos para eu deixar de receber insulina. Encontro-me numa fase de «desmame» da insulina injectável, que demorará meses» [suspeito que até meio do curso].

Como devem compreender, vim hoje do hospital muito animado e esta tarde farei o meu ritual de Agradecimento a Todos os que me estão a ajudar, alunos incluídos, sem esquecer a minha amiga Ma Jivan Prabhuta [ http://www.facebook.com/mjprabhuta ].

Espero não vos ter maçado muito com este desabafo, mas eu e o meu signo solar precisávamos de divulgar os «contratos» que fazemos com as nossas células, as tais que até há pouco tempo, eram consideradas «sucata genética». Não são, não. Têm muita utilidade. 

Beijos e abraços a todos

6 Outubro 2014

António Rosa


.

1 comentários:

voyance gratuite par email disse...
17 de junho de 2016 às 13:21  

Acabei de descobrir seu site, uau, isso é realmente bom e francês. Parabéns, manter o bom trabalho. Eu vou voltar e fazer publicidade para o seu site.

6 de outubro de 2014

A caminho de deixar deixar de lado a insulina



Bom dia a todos,

Hoje iniciei o dia indo ao hospital onde estive internado em Fevereiro passado, mas pretendo partilhar com todos os Amigos, visíveis e invisíveis, uma situação que me preocupava e que, pelos vistos, as minhas células genéticas, os meus guias com a ajuda decidida da minha médica [só não digo o nome dela por uma quesrão de delicadeza], decidimos todos inverter uma situação delicada.

Fui internado em Fevereiro, por ter tido uma crise fortíssima em que a contagem das minhas glicémias era altíssima [sempre superior a 500 unidades - uma loucura! À beira da morte!]. Ou seja, esta a... ir-me, a... ir-me, por única responsabilidade minha, não que tenha acordado com 'Eles' essa data. Era apenas uma cretinice da minha parte. As implicações laterais eram enormes: coração, circulação, pâncreas, pulmões, etc. E a luta muitíssimo difícil contra o excesso de peso. Para quê mentir-vos? Não vale de nada!

Eu sabia que tinha um compromisso de preparar em termos esotéricos, um pequeno-grande grupo de alunos e fazer-lhes a «Iniciação em Astrologia» [entendam esta expressão como quiserem, dos cépticos aos que aceitam estas ideias]. E estando num estado tão avançado de crise, não me seria possível cumprir a minha promessa à minha [nossa] Hierarquia Espiritual Portuguesa.

Assim, dedici cumprir rigorosamente, as indicações recebidas, quer a nível de medicina tradicional, quer da outra, a metafísica e invisível. E fui avançando.

Até que chegou o dia da 1ª aula desse tal curso de «Iniciação». Não menti a nenhum dos alunos. Logo, nos primeiros minutos, eles devem lembrar-se bem, disse-lhes que estam ali reunidos, pois tinham uma única condição em comum. Ainda hoje, um mês depois, relembro-me com muito carinho das caras deles. E expliquei-lhes: vocês estão aqui porque todos têm no vosso mapa o potencial de uma grande «mediunidade», portanto o que vos posso ensinar «a sério» é aquilo que não vem nos manuais, porque os outros temas mais básicos da astrologia, além de eu próprio ter no meu blogue «Cova do Urso» [ http://cova-do-urso.blogspot.pt/ ], material escrito para um curso de 4 ou 5 anos, também o site «Escola de Astrologia Nova-Lis» [ http://www.nova-lis.com/ ] possui o mesmo material e existem na internet muitos websites onde podem estudar e tirarem informações. E tive o cuidado de lhes ensinar onde procurar. Obviamente que falaremos muito nisso, pois é uma iniciação a sério.

É evidente que eu também sabia que daquele grupo numeroso inicial, haveria 3 ou 4 pessoas tão mentais que teriam dificuldade em manter-se no curso. Foi aí que pedi aos meus Amigos: que fique quem tiver que ficar, os outros podem seguir o seu caminho, com muito amor da minha parte.

Isto tudo para vos dizer, que como comecei a cumprir a minha parte [com a Hierarquia] também tive a respectiva contrapartida. As minhas glicémias começaram a descer, a descer, a descer, que dos iniciais 500 e tal passaram em alguns meses para um a média de 80 a 100, havendo muitos dias que descem ainda mais.

Resultado: as previsões apontam que, como eu sorri muito para o meu pâncreas, ele reagiu bem e agora, oficialmente, a notícia é a oposta: estamos todos juntos a trabalharmos para eu deixar de receber insulina. Encontro-me numa fase de «desmame» da insulina injectável, que demorará meses» [suspeito que até meio do curso].

Como devem compreender, vim hoje do hospital muito animado e esta tarde farei o meu ritual de Agradecimento a Todos os que me estão a ajudar, alunos incluídos, sem esquecer a minha amiga Ma Jivan Prabhuta [ http://www.facebook.com/mjprabhuta ].

Espero não vos ter maçado muito com este desabafo, mas eu e o meu signo solar precisávamos de divulgar os «contratos» que fazemos com as nossas células, as tais que até há pouco tempo, eram consideradas «sucata genética». Não são, não. Têm muita utilidade. 

Beijos e abraços a todos

6 Outubro 2014

António Rosa


.

1 comentário:

voyance gratuite par email disse...

Acabei de descobrir seu site, uau, isso é realmente bom e francês. Parabéns, manter o bom trabalho. Eu vou voltar e fazer publicidade para o seu site.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates