Roteiros de Sonho - 20 maravilhas da América do Sul

28 de dezembro de 2011 · 4 comentários






















.

O astrólogo Hiroki Niizato explica o que é o «Quintil»

27 de dezembro de 2011 · 3 comentários




«Alguém pediu que eu escrevesse sobre o aspecto “quintil” (72 graus). É um aspecto que está associado com a criatividade - mas que sentido tem em termos da interpretação?

A tese de trabalho de Noel Tyl é que se um horóscopo contém muitos “quintiles” (digamos 3, 4, 5 ou mais) a pessoa necessita muito de escapes criativos – quer na profissão ou num passatempo. Seguindo esta tese, comecei a perguntar a clientes "qual é o seu escape criativo?" sempre que vejo mais do que alguns quintiles nos seus horóscopos.

Às vezes as pessoas dizem que não têm nenhuma dessa tal capacidade criativa - mas não parecem ser muito felizes sobre este assunto. Talvez tivessem tido um interesse apaixonado pela escrita, arte ou música que foi sendo suprimido no decurso do seu desenvolvimento (pressão dos pais, dizendo-lhes que “não era prático", etc.) - a questão que surge é que se pode fazer para começarmos a explorar novamente a nossa faculdade criativa?

A leitura das primeiras 3 páginas de um livro (veja a obra "Artists Way" de Julia Cameron) talvez pudessem ser um bom começo - para prestar atenção às pequenas vozes internas que nos dizem o que nós queremos. Outras vezes, a criatividade é canalizada para o trabalho actual (talvez criando um negócio próprio, por exemplo.) Educar uma criança também requer uma atitude criativa – não tendo realmente que se manifestar como uma carreira na arte, na música, etc. Geralmente você pode dizer se uma pessoa tem um escape criativo ou não, porque tende a manifestar como o sentimento de estar vivo.



Uma pergunta complicada: e se você não possui nenhum quintil?

A criatividade é algo que está dentro de cada um de nós, assim que isto obviamente não significa que você não seja criativo. Eu olhei para inúmeros mapas de pessoas que trabalham nas chamadas profissões “criativas” e posso dizer-vos que o número de quintiles varia completamente – de zero a muitos –, e nada há que fazer com o bom músico, artista, ou escritor que você é. Não se desespere se não tiver muitos quintiles no seu horóscopo - o número de quintiles pode nunca ser um indicador se você pode vir a ser bem sucedido numa profissão criativa. Muitos mapas artísticos têm ênfase em Neptuno ou Vénus e os quintiles podem nunca estar envolvidos.

Pergunta #2: Ter muitos quintiles no mapa sugere que você seja um inovador?

Se um número de quintiles não são necessariamente indicadores de uma profissão criativa, pode sugerir quão inovadora (uma variação da criatividade) uma pessoa é?

Deixo-vos aqui informação variada sobre algumas pessoas:

- Georgio Armani, o criador inovador de moda, tem 4 quintiles;
- O músico inovador John Cage tem 4 quintiles; o inovador de jazz Miles Davies tem 4 quintiles; e o inovador compositor Igor Stravinsky tem 2 quintiles;
- Na área científica, Albert Einstein tem 4 quintiles; o matemático John Nash (caracterizado no filme “Beautiful Mind”) tem 5 quintiles.
- Henry Ford, o inovador do negócio automóvel (conceito de produção em massa) tem 5 quintiles.
- Bill Gate, o empreendedor do software, tem 4 quintiles, enquanto que Steve Job (Aple) tem apenas 1.
Os escritores têm frequentemente mais quintiles: Jane Austin hem 6 quintiles, Mark Twain tem 4 a 6 quintiles (dependendo da hora de nascimento); George Bernard Shaw tem 6; E.E. Cummings tem 4. William Butler Yates tem 3 quintiles.
-Walt Disney tem 2 quintiles, assim como Pablo Picasso.

Parece que ter 2 quintiles é um posicionamento médio, mas há outros factores nos seus horóscopos (Neptuno, etc.) que são certamente mais pronunciados no caso dos gigantes mencionados acima. Tanto quanto as interpretações, a minha abordagem diz-me que a ocorrência múltipla de quintiles pode ser usada para confirmar a ênfase criativa sugerida no resto do horóscopo, não podendo estar sózinho como um único indicador do potencial criativo.

Pergunta #3: Como nós interpretamos o aspecto quintil a nível individual?

Os quintiles são interessantes pois não são tratados como aspectos difíceis (desafiantes), mas também não são aspectos estáticos (estarei a ousar chamando-os de tediosos?), como os aspectos suaves. Parecem chamar para uma definição criativa muito parecida com os aspectos difíceis, mas possivelmente sem o calvário da quadratura ou da oposição.

Exemplo: No caso de quintil Sol - Neptuno, a expressão da energia da vida do núcleo toma um tom muito criativo (ambos por causa do próprio Neptuno e do quintil), mas possivelmente sem a grande vulnerabilidade associada com a quadratura Sol – Neptuno. Este é apenas um sentimento que tenho devido a ter olhado para os quintiles da maneira que está a ser discutida por outros astrólogo, tal como o trabalham nas análises do perfil vocacional. Se você tiver outras ideias ou situações estou disponível para o ouvir.

Actualização: Alguém sugeriu que o outro lado da capacidade criativa poderia, possam ser coisas como problemas com a autoridade (isto é, não se conformando à maneira tradicional de fazer coisas), assim como não poder pensar como os outros (o qual pode conduzir a problemas no trabalho, etc.). Eu igualmente quero adicionar a susceptibilidade ao caos - podemos ver possibilidades demais, e a mente pode perder o toque com os fundamentos fornecido pelo método tradicional de fazer as coisas.

Conclusão

Como sempre, algumas pessoas fazem melhor uso dos seus potenciais inatos do que outras pessoas. Preste atenção a todo o horóscopo para ver qual a sua melhor forma para usar a sua faculdade criativa. Se você tiver um certo número de quintiles, fantástico! Tente observar como usa a sua criatividade. Se você não sabe como é a sua capacidade criativa, tente o conselho dado mais acima, de ler as primeiras 3 páginas de um livro. Dê atenção à voz dentro de si, se quer tentar algo novo, ou então, escutar algo que já conheça e não seja tão novo. O ponto do tudo isto é para que você sinta a alegria de expressar o seu talento, de modo a que se sinta mais vivo.

Hiroki Niizato

Texto daqui.

- Uma nota (muito) técnica para astrólogos: Quando conto o número de quintiles, não uso os aspectos com asteróides, pois a quantidade aumenta enormemente. Pelo mesmo motivo não uso biquintiles, pois a quantidade apresentada iria fazer parecer que aquele horóscopo seria “muito criativo” (olhe, se é isso que você quer ver, tudo bem. Por mim, prefiro a simplicidade.)

- Por outro lado, eu conto os quintiles ao Descendente e Fundo do Céu (IC), assim como ao Nodo Sul, pois fazem parte dos eixos pertencentes ao Ascendente, Meio do Céu (MC) e Nodos. No seu software, pode incluir o aspecto tridecile (108º) se quiser contar estes aspectos, mas considere apenas aqueles que tocam estes eixos – Ascendente, Meio do Céu (MC) e Nodos.

Hiroki Niizato é astrólogo profissional atendendo clientes e dando aulas desde 2001 e trabalha em Tampa, Clearwater; St.Pete, área da Florida. Possui o "Master's Degree Certification Course in Astrology" por Noel Tyl, um curso para astrólogos profissionais. Pratica há vários anos a Meditação oriental. É licenciado em Música e Ciências da Computação pela Universidade do Sul da Florida.

Seu blogue: “Holistic Astrologer Blog”
http://holisticastrologer.blogspot.com

Seu site: "HolisticAstrologer.com"
http://holisticastrologer.com

Contacto para consultas:
Hiroki@HolisticAstrologer.com

Copyright - Hiroki Niizato, 2008

.

Boas Festas

22 de dezembro de 2011 · 15 comentários

pintinho



Aos amigos, leitores, companheiros de jornada
e visitantes: a todos, Boas Festas.


Photobucket


.

O Sol entra em Capricórnio

17 de dezembro de 2011 · 14 comentários


Por sugestão do Marcelo Dallaaqui

Missão superior:
Aprender a alcançar aquilo que quer, usando mais a intenção do que o trabalho árduo.

Capricórnio é o 3º Signo de Terra, simboliza o fim da experiência material do homem. O seu planeta regente é Saturno, e nele se fecha o ciclo da matéria. Terra de experiência colectiva, Capricórnio testemunha o tempo da humanidade sobre a Terra.

Ensina como se estruturam e se organizam socialmente os homens, como aprendem uns com os outros a relacionar-se. Exprime o saber do colectivo, só possível pela aprendizagem de longos Ciclos de Vida. Capricórnio assegura ao homem o poder social, a sua mais sólida afirmação comunitária.

Saturno em Capricórnio concretiza publicamente tudo o que a sociedade possibilita, pela consciência de regras de comportamento baseadas na experiência de um Tempo Anterior. Capricórnio é a afirmação do Passado no presente, o aval de tudo o que já foi previamente conquistado, inteligido, integrado.

Seguro e determinado, ciente do chão que pisa, conhece as convenções que lhe abrem o caminho. É conservador, com tendência à inércia e ao estaticismo, que o pode levar a uma rigidez emocional, a uma certa dureza interior. É prudente, resiste ao novo, ao desconhecido, ao apelo do futuro. Obstinado, o seu muito Saber permite-lhe realizar qualquer objectivo, atingir os fins a que se propõe.

A consciência capricorniana obriga sempre a um qualquer relacionamento público, pressiona quem a tem a intervir num espaço colectivo, movido por um sentimento de responsabilidade. O Capricórnio define as estruturas que possibilitam a vida em comum.

A estabilidade do poder público, a confiança nas instituições, a segurança numa autoridade colectivamente aprovada e comprovada. Austero, o Capricórnio assegura eficiência e capacidade de realização. A sua resposta é madura, emocionalmente adulta. Sabe lidar com o mundo dos homens.



Regente: Saturno

Saturno é o regente de Capricórnio, tem neste signo o seu domicílio diurno. Aí atinge a máxima expressão da sua sabedoria. Lenta e pacientemente conquistada pela dolorosa experiência do Tempo, quando denunciada e superada a contradição do Espírito na Matéria. A última resposta do Capricórnio é a maturidade espiritual que advém da plena maturidade emocional.

Simboliza o fim da experiência do homem sobre a terra, quando este signo integrar a experiência do signo anterior, a fé do Sagitário. Quando o capricorniano já souber viver um ideal transcendente, além dos valores redutores de uma visão materialista.

Sem Ideal este signo é oportunista, orienta-se para o prestígio e para o poder pessoal. Quando animado por uma Verdade Interior, o homem de Capricórnio converte a sua ambição social em Vocação, em dedicação austera a uma Causa vivida como objectivo a atingir.

É a Via dos Iniciados, esses que simbolicamente se encontram no Alto da Montanha, onde a Terra está mais perto do Céu. São Seres Evoluídos, Avatares, Guias dos outros homens. Actualizam no Mundo o Espírito na Matéria.



Níveis evolutivos

1º nível de evolução: Revela-se a ambição social como primeiro desejo de projecção do Eu no colectivo. A procura de status, de consideração, de prestígio, de poder público. O desejo de afirmação pública é válido, nasce como resposta a um chamamento de universalidade. Corresponde à necessidade que o homem tem de transcender os limites do seu mundo privado para um relacionamento mais abrangente com a vida e com os outros. Neste sentido, a afirmação pública é em última análise um apelo Cósmico. Identifica-se em qualquer mapa natal com a energia do signo do Meio do Céu. O apelo deste 1º Nível é muitas vezes confusamente filtrado através de um sentimento de insegurança e inferioridade social. Como reacção inconsciente a esta insegurança o Eu vai ilusoriamente e de uma forma perversa, compensar-se pela afirmação egocentrada de poder. No entanto, por razões do seu próprio destino, o Eu pode não responder ao apelo social por se encontrar totalmente inibido ou bloqueado. Vive então uma auto-imagem reduzida. Demite-se da sua intervenção maior, a sua acção no colectivo. É o mundo das massas anónimas não intervenientes. Pessoas que se desconhecem, para quem a energia da Casa X será sempre e apenas potencial. Inconsciente, adormecida, nunca chega a manifestar-se Infelizmente é na actualidade o estado evolutivo da maioria dos seres humanos. Ainda se encontram socialmente irresponsáveis, aquém do que podiam vir a ser, reduzidos à esfera das suas necessidades básicas, do seu mundo privado, das suas preocupações domésticas e familiares. Desconhecem a experiência mais vasta e universal da sua Casa 10.

2º nível de evolução: Situa-se a capacidade de afirmação social. É a projecção do Eu frente à opinião pública. O poder individual que se revela ao dinamizar as forças do colectivo. A profissão como forma de intervenção personalizada nas estruturas que asseguram a Ordem Comum. A realização pessoal por participação em organizações nacionais ou internacionais. Neste contexto situa-se igualmente todo o trabalho que nasce de uma colaboração individual ao país que é o nosso e ao mundo em que nascemos. Neste 2º Nível da Casa 10 o Eu relaciona-se com as estruturas.

3º nível de evolução: Identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição mais segura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo. Quando o Eu aceita incondicionalmente Ser quem pode Vir a Ser. Quando responde totalmente ao seu destino, ao seu projecto de vida. Quando vence o último nó de medo, a imaturidade que o prende ao Fundo do Céu, à sua intimidade, à sua família, às suas fundações. Uma vez liberto das inseguranças e condicionalismos que o prendiam ao Passado, só então é emocionalmente adulto, capaz de se assumir responsável. Neste sentido, a resposta à Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por se encontrar aprisionado a medos inconscientes. Nesta fase emancipada, o Eu cria novas estruturas. O 3º Nível da Casa 10 revela a liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos de Tempo, já sem resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal. Neste Nível a Casa 10 é a resposta da Personalidade Individualizada e Evoluída.


Parabéns a todas as pessoas do signo Capricórnio.

Texto publicado no site «Escola de Astrologia Nova-Lis», em Abril 2007.


.

Até parecia o «Anatomia de Grey»

15 de dezembro de 2011 · 11 comentários


Com vários planetas em Gémeos, só me podia tocar uma pneumonia, nesta fase da minha vida, fruto de uma gripe mal curada. Com Mercúrio retrógrado (no dia 5 Dez) conjunto ao Sol em Sagitário, a fazerem aspectos de oposição aos meus planetas natais: Sol, Marte e Mercúrio. Foi tipo rajada. Tiro e queda. Outros aspectos também potenciaram a situação. Vénus em Capricórnio fez uma tangente e Plutão: lá se foram as defesas abaixo. Passei mal, mas já estou recuperado.

Quando dei por ela, estava a caminho do hospital, onde fui muito bem atendido durante todo o tempo que lá estive. Assim que entrei na triagem do hospital, fiquei sem saber se estava a sonhar ou a viver uma cena à «Anatomia de Grey». Quem me conhece sabe que gosto de filmes e boas séries e, por isso, menciono esta para amenizar e dar alguma picardia a uma narrativa insonsa.


Da triagem fui logo posto numa maca da reanimação e tiraram-me toda a roupa e em segundos, tinha inúmeros profissionais à minha volta (médicos e enfermeiras) a tentarem encontrar não sei bem o quê, porque uma pessoa nesses momentos perde um bocado a consciência do que está a acontecer.

Fiquei logo internado, colocado num SO (Sala de Observação) todo entubado e ligado a máquinas. Nunca tinha estado numa SO e fiquei surpreendido pela eficácia com que conduzem estes assuntos, sempre através de imensa barulheira. Muito barulho, todo o dia e boa parte da noite.

Coisa de gente doida! Pareceu-me ter visto a Ellen Pompeo [Meredith Gray], a Sandra Oh [Cristina Yang] e a Chandra Wilson [Miranda Baley]. Bem procurei pela Addison Montgomery, mas tinha-se mudado de Seatle para LA.


Depois de inúmeros exames e observações, no dia seguinte fui enviado para a zona das enfermarias, para um quarto com 2 camas. Até parecia uma clínica privada.

Aí, continuaram com o tratamento intenso: antibióticos e toda a sorte de remédios, mas o que me chamou muito a atenção foi a terapêutica com oxigénio, acompanhado por fisioterapia.


Alimentação boa, bons cuidados médicos e muita vontade de recuperar, fizeram que permanecesse no hospital apenas 9 dias.

Aprendi muito sobre a natureza humana.

.

Somos uma obra prima

14 de dezembro de 2011 · 2 comentários


«Não podemos relacionar a pessoa com o horóscopo, ou seja, limitar o individuo aos nossos conhecimentos sobre Astrologia, mas sim relacionar o mapa com a realidade de cada pessoa, dando-lhe vida.»


Noel Tyl



.

As minhas consultas

4 de dezembro de 2011 · 7 comentários










A astrologia que pratico é pública: aqui, no meu blogue «Cova do Urso», ou com o site «Escola de Astrologia Nova-Lis», mas também em consultas presenciais, quer na Ericeira, no centro «Cristal de Cura», quer num centro terapêutico a Sul do Tejo, mais concretamente no Feijó. Todos os contactos estão indicados no fim deste artigo.

Os astros não fazem o nosso destino, mas ajudam a compreender o Ser que somos reflectido no tema natal. Uma consulta de astrologia transforma-se num diálogo vivo, aberto, sempre construtivo, em que se pretende que haja uma partilha para se tentar atingir uma maior tomada de consciência. O principal objectivo deveria ser a possibilidade de se analisar e compreender todo o potencial que a pessoa trouxe para esta vida, sem esquecer os padrões mais inconscientes que também transporta e dos quais tem dificuldade em se libertar. E, atendendo ao que fica exposto, uma ou mais consultas de astrologia ajuda sempre a planificar a nossa vida de uma maneira mais fluída e mais serena.

Recomendo consultas de astrologia:

1) Às pessoas que desejem aprofundar o seu auto-conhecimento, de forma a poderem construir a sua realidade pessoal com maior harmonia, na longa caminhada da vida.

2) Às pessoas que estejam a estudar o seu próprio mapa natal e queiram tirar dúvidas sobre a interpretação do mesmo.

3) A quem esteja a passar por uma fase complexa na sua vida, pois poderão receber grande ajuda através das explicações dadas pelo astrólogo.

4) A quem estiver interessado em fazer uma análise das suas relações, pessoais ou profissionais

5) Consultas vocacionais ou sobre o seu trabalho e carreira profissional.

6) Empresários que queiram aprofundar as questões do seu negócio. Neste caso, deverá fornecer a data em que a sua empresa foi criada.

7) Análise cármica e espiritual do seu mapa.

8) Escolha de datas para eventos especiais na sua vida.

9) Planificar cuidadosamente determinado acontecimento da sua vida, sabendo que poderá estar sob uma influência energética específica e, portanto, pode preparar-se mental e emocionalmente para vivenciar essa situação. É de grande ajuda psicológica e espiritual. É aquilo que se costuma dizer: «fazer a nossa parte».

10) Outros motivos, previamente acordados com o astrólogo. Por exemplo: previsões astrológicas para um semestre ou um ano.

11) Em todas as consultas há espaço para a participação do cliente, diálogo e abordagem de questões concretas.

12) Prepare, em consciência, a sua resposta à minha primeira pergunta, que, habitualmente anda neste registo: «O que o/a traz a esta consulta?» ou «O que pretende desta consulta?».

Aspectos práticos sobre as minhas consultas

Tempos de consulta e respectivo investimento: Dia da semana das consultas: às sextas-feiras. Como não sou inflexível, podemos escolher outro dia para a consulta, se o cliente de facto não puder disponibilizar a sexta-feira. Duração da 1ª consulta: Entre 1 hora e 15 minutos e 1 hora e 30 minutos. Investimento na 1ª consulta: 80 euros por consulta. Este valor não é actualizado há vários anos. Duração média das consultas seguintes: 1 hora. Investimento nas consultas seguintes: 60 euros por consulta. Duração média da consulta anual: Entre 50 e 80 minutos. Investimento nestas consultas anuais: 60 euros por hora, para clientes habituais.

Consulta sobre relações amorosas (sinastrias): se as duas pessoas estiverem presentes, é uma consulta conjunta e dura cerca de 150 minutos, havendo, eventualmente, um pequeno intervalo no meio. Investimento na consulta de sinastria: 150 euros por hora. Não pratico segundas consultas de sinastria. Importante: Também dou consultas relacionais ou sinastrias com 1 só pessoa presente na consulta. Dura cerca de 60 a 75 minutos, custa 140 euros e pede-se que o cliente informe previamente a pessoa da sinastria que tenciona fazer esta consulta, solicitando-lhe a respectiva autorização. Isto ser-lhe-á perguntado na consulta, correndo o risco que esta consulta individual possa ser cancelada no próprio momento, por ausência de autorização da parte ausente. Recomendação: é de toda a conveniência que as duas pessoas tenham uma primeira consulta a sós, sobre o seu próprio mapa natal, antes de fazerem a sinastria em conjunto, devendo distar cerca de 30 dias entre as consultas, para os clientes poderem absorver convenientemente toda a informação prestada na primeira consulta.

Gravação da consulta: em sistema digital e o(s) ficheiro(s) será enviado por email, assim como o mapa natal do cliente. Informação: Se o cliente preferir uma gravação em cassete, tem que trazer  uma de 90 minutos e informar com antecedência. Se quiser pode trazer o seu gravador para registar a nossa conversa astrológica.



CONTACTOS


Contactos para a Ericeira, no centro «Cristal de Cura»:

Local: Ericeira, no centro "Cristal de Cura" - Clique para conhecer o site. Será dada a localização exacta por telefone ou e-mail. Contactos ao cuidado de D. Luísa Sal.

Mapas de acesso ao «Cristal de Cura», clicando aqui.
E-mail: contactos@cristaldecura.com
Telefone: 96 806 1279
A localização exacta será dada por email.


CONSULTADORIA ASTROLÓGICA POR EMAIL - CLIQUE AQUI PARA SABER

Quer saber mais sobre mim? Clique aqui.
.


Neptuno e Saturno, a luta pela criação dos transtornos mais materiais

· 3 comentários

Texto longo, especialmente dedicado aos estudantes avançados de astrologia.

Os trânsitos que envolvem Neptuno são os mais subtis de todos. São tão subtis e ocultos que o dono do mapa tarda muito em reconhecer os seus efeitos. É necessário fazer uma análise minuciosa do mapa natal para avaliarmos os efeitos destes trânsitos, pois representam a chave oculta da personalidade e do rumo que a vida toma. Nem todas as pessoas percebem Neptuno do mesmo modo; algumas não o percebem externamente, mas as vibrações estão ali, bem disponíveis no inconsciente, trabalhando para dissolver o ego e libertá-lo.

Quanto mais nos apoiamos no ‘eu’ da personalidade, menos ele existe. Vai desaparecendo. A vontade não será coisa nenhuma, até que queira ser nada. Se Saturno cuida da Vontade, Neptuno trata de a anular, pois é o planeta da obrigação e do sacrifício.

Neptuno é o Pai Natal cósmico, pois tudo aquilo que damos, retorna a nós em duplicado ou em centuplicado. Isto das ‘medidas’ é uma coisa da mente. É o famoso 'segredo.' Quanto mais se dá, mais se recebe. É uma Lei superior. Todos os pensamentos, sentimentos e acções emitidos, voltam ao seu ponto de origem. Para abençoar ou para queimar. Se o que se emite é negativo, que é que se recebe? Pois. Como Lei superior, simplesmente, cumpre-se. Esta é uma das representações de Neptuno.

Neptuno é o criador dos transtornos dos planos mais materiais. Cria uma névoa emocional quando está ligado a Vénus. A personalidade deve afastar-se quando está associado com a Lua. A mente fica enevoada quando o contacto é com Mercúrio. A vontade e o ego dissolvem-se quando contacta com o Sol. Provoca desvitalização da energia, quando aspecta Marte. Com Saturno, a conversa é muito séria. É disto que trataremos neste texto.

Por enquanto, sejamos práticos. A designação técnica astrológica deste texto é: trânsito de Saturno em conjunção a Neptuno natal. Antes de entrar na explicação da natureza deste trânsito, gostaria de vos auxiliar indicando umas datas para orientação dos leitores e estudantes avançados de astrologia. Este trânsito, dependendo de Saturno ficar retrógrado ou não nessa época, pode durar de 6 a 12 meses. Se for Neptuno a transitar em contacto com Saturno, poderá estar activo entre 2 a 3 anos. Este trânsito ocorre em períodos de 35 anos, portanto, a maioria das pessoas pode passar por ele duas vezes.

Nesta fase, mais concretamente desde finais de 2009 e até finais de 2012, este trânsito estará bastante activo na vida das pessoas nascidas entre 3 Outubro 1942 e 23 Dezembro 1955. A minha geração, portanto. Estas pessoas têm no seu mapa natal, Neptuno em Libra/Balança e Saturno transita  agora pelo mesmo signo. No final do texto, indico as datas de nascimento de outros grupos de pessoas, que terão este trânsito após 2012.

É um trânsito que ameaça a segurança e a ordem da nossa vida.

As suas obrigações e deveres poderão ser incertos, indefinidos ou mesmo deixados de parte. Apesar da pessoa se esforçar para por em ordem um certo caos que o rodeia, a situação pode ser bastante confusa, impossibilitando o abarcar todas as coisas complexas à sua volta.

Pode ser uma época de incertezas, de inseguranças no que diz respeito às questões da vida rotineira do dia-a-dia. Pode surgir um ambiente de temor e de ansiedade, pois Saturno é o mais materialista dos planetas, enquanto que Neptuno é, sem dúvida o mais idealista. Saturno é o trabalhador e Neptuno o sonhador. Como manejar estas situações tão extremadas? Como segurar Saturno a ser dissolvido por Neptuno? É como se a pessoa fosse destituída do seu poder pessoal, do seu degrau onde está em evidência.

Podem surgir apetências não habituais, havendo o potencial da pessoa sentir a predisposição para ir atrás de um ideal. De trabalhar por um ideal. Algumas vezes esse trabalho pode ser ao estilo de D. Quixote, lutando contra inimigos imaginários.

Pode viver uma época de ansiedades, preocupações ou frustrações, como nunca ocorreu antes na sua vida. Para as pessoas com as datas de nascimento indicadas acima: tentem recordar-se dos acontecimentos da sua vida há cerca de 35 anos atrás. Que aconteceu? Quais as dúvidas e incertezas vividas então? Como as resolveu? Que passos em frente deu nessa ocasião?

Aparecem medos que não são reais e convém perceber que as pessoas mais pessimistas, ou muito agarradas à matéria, terão maior tendência para verem tudo escuro, sem a tal luzinha ao fundo do túnel. A situação, seja qual for, parece muito pior do que na realidade é.

Um conselho que deixo aqui para este trânsito, são as questões de saúde. Recomenda-se que sejam feitas análises médicas e que se previnam imediatamente perante qualquer situação menos corrente. Estes dois planetas, tal como o seu Ponto Médio, estão intimamente ligados a problemas de saúde, sobretudo os de natureza crónica. Acautele-se bem, pois este trânsito é pródigo em fazer aparecer doenças depois de muito tempo delas estarem bem instaladas. Todas as medidas de precaução e prevenção devem ser tomadas.

Em certos casos muito especiais e raros (dependendo da natureza do mapa natal) algumas pessoas poderão desprender-se de bens materiais, ou pelo menos, simplificar a sua vida nesse sentido. Quando isto acontece, estamos perante situações espirituais muito especiais.

É um trânsito estranho, cheio de conflitos internos, em que os piores pensamentos nos podem ocorrer, tais como: ideias sobre fracassos, decepções e sensação de culpa. Sobretudo porque, como a nossa segurança e ordem de vida (Saturno) se encontram envoltas num poderoso solvente (Neptuno), as coisas simplesmente podem ir acontecendo, parecendo que é meio à toa.

Solidão e insegurança podem ser os sentimentos mais constantes. Se não houver cuidado, a pessoa pode resvalar para sensações de depressão, ansiedades súbitas, predisposição a enganos de toda a ordem. Neste trânsito, aprende-se a diferenciar entre depressão e tristeza.

Poderia continuar a enumerar uma série de situações como seja um aumento de desconfiança dos outros, sem uma razão verdadeira. Romper laços que eram ou pareciam duradouros e estáveis. Com uma certa tendência a afastarmo-nos de responsabilidades mais formais. Temos que estar muito atentos a nós mesmos, à nossa vida e às situações que vivemos. Deixarmo-nos ir, é uma coisa. Alhearmo-nos da nossa vida é outra cosia bem diferente.

Não vou continuar a descrever as possíveis ocorrências deste trânsito, para eu próprio não ficar incomodado. Tão neptuniano que isto me saiu! :)

Falemos de outras benesses deste trânsito de Saturno a Neptuno

Saturno em contacto com Neptuno pode ascender a elevadas alturas da espiritualidade ascética ou atirar-se às profundezas do desespero e da escuridão espiritual. Sendo Peixes o signo mais completo do Zodíaco, inclusivamente mais multifacetado nos seus mistérios do que Escorpião, obviamente que o seu regente Neptuno (Júpiter é co-regente deste signo), têm um poder excepcional no tema de cada pessoa.

Quando Saturno contacta com Neptuno, estamos perante um dos trânsitos mais misteriosos que se conhece. É no signo Peixes, Casa 12 e Neptuno, o respectivo regente, que se dissolvem todos os enganos, perdas, danos, confusões, afastamentos, inseguranças, faltas de amor e de auto-estima que não se tenham transformado no ciclo de Escorpião. Levar este lixo emocional e psíquico é a tarefa de Saturno para deixar a pessoa bem desperta, proporcionando então, o estabelecer a ligação ao céu.

Quando se nasce com Saturno em contacto difícil com Neptuno, impregna no ser recém nascido a sensação de que há algo para resolver. Com o desenvolver dos anos, a pessoa sente que há qualquer coisa que parece não estar concluída. Ou que alguma coisa do passado não o larga. É um sentimento que não se pode definir.

Saturno necessita de uma estrutura bem definida. E em contacto com Neptuno, não encontra isso. No entanto, todos sabemos que os opostos atraem-se. As experiências com Neptuno são guardadas no interno. Saturno cristaliza-as em experiências sólidas. Saturno aqui gosta de apreciar esta necessidade de evasão e, quando bem aspectado, dá formas especialmente belas às mesmas. Neste trânsito, uma grande quantidade de terapias está ao alcance das pessoas. No plano do carácter a presença de Saturno pode ser insidiosa. No plano intelectual pode dar frutos de grande genialidade. Tudo porque os opostos atraem-se.

Neste trânsito a pessoa pode estar ligada fortemente ao passado cármico.  A cura está ao alcance destas pessoas.  O serviço aos outros pode tornar-se uma realidade. Com Saturno presente há um enorme potencial para que o Ser consiga viver momentos intensos do “aqui e agora”.

Apenas uma pergunta deve ser feita: confiamos inteiramente em Neptuno ou Peixes para tratar questões de cura? Ou necessitamos de Saturno para criar uma forma, uma regra, um cristal, nesse turbilhão emocional?

Cheguei onde pretendia posicionar-me neste artigo. Porque é que Saturno em contacto com Neptuno (ou ao contrário) dá às pessoas o enorme potencial de ajudar os outros? É simples: Neptuno quer curar e Saturno adora arranjar o que está estragado. Juntos podem trabalhar maravilhosamente na cura dos seres humanos feridos pela vida.

Muito agradecido por ter lido todo o artigo. Aguardo os seus comentários.


Outras datas de nascimento e activação deste trânsito:

1 - As pessoas nascidas entre 24 Dezembro 1955 e 3 Janeiro 1970, têm Neptuno em Escorpião e o trânsito será activado entre 2012 e 2014.

2 - As pessoas nascidas entre 4 Janeiro 1970 e 18 Janeiro 1984 têm Neptuno em Sagitário e o trânsito será activado entre finais de 2014 e finais de 2017.

3 - As pessoas nascidas entre 18 Janeiro 1984 e 28 Janeiro 1998 têm Neptuno em Capricórnio e o trânsito será activado nos finais de 2017, com a particularidade de encontrarem Plutão ainda em Capricórnio.

Obviamente que é necessário dar atenção aos mapas natais de cada pessoa, pois o posicionamento deste dois planetas varia de Casa e aspectos gerais. Isto necessita de uma leitura mais fina a adaptada a cada caso.

Post nº 994
.

As 4 Leis da Espiritualidade [repetindo o post, porque muitos não o encontram]

2 de dezembro de 2011 · 2 comentários


Roteiros de Sonho - através da agência «OM Travel - Viagens espirituais»

1 de dezembro de 2011 · 1 comentários



«A OM Travel organiza viagens e retiros por Portugal e pelo mundo aliando a espiritualidade, o misticismo e a Natureza.

Sempre com uma consciência ecológica e ambiental procuramos o melhor de cada lugar, das suas gentes, das muitas culturas!

Nos nossos destinos de grupo irás encontrar práticas energéticas de harmonização corpo-mente, música para introspecção e relaxamento, refeições vegetarianas, diálogo, silêncio, yoga e meditação que nos guiarão a momentos de reflexão e de sabedoria.

Viajamos com o propósito da transformação, da partilha e da entrega. Possibilitamos a cada um uma viagem dentro de si, entregando-se livremente à natureza, a outros povos e aos seus sentidos.

Cultivamos a arte de estarmos cada vez mais atentos e conscientes num Universo que é de todos e para todos.

Espreita em anexo os nossos programas Om Travel e viaja connosco!

Muita Inspiração!

Namaste!

A equipa Om Travel»


VÍDEOS VIAGENS OM TRAVEL

Viagem Espiritual à Índia 2010



Viagem Espiritual à Índia 2011


 VIAGENS OM TRAVEL 2012 
ÍNDIA
ÍNDIA, NEPAL E BUTÃO Santuários dos Himalaias - possibilidade de extensão ao Tibete - ver viagem "Tibete e China"
  • 20 de Abril a 6 de Maio 2012
ESPIRITUAL À ÍNDIA - Uma viagem de descoberta interior
  • 1 a 16 de Junho 2012 - possibilidade de extensão a Goa - ver viagem "Goa e Kerala"
  • 12 a 27 de Outubro 2012
GOA E KERALA – A Rota Portuguesa 
  • 15 a 30 de Junho 2012
  • 26 de Dezembro 2012 a 6 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano em Goa!
BRASIL

BAHIA -   O Misticismo e a Natureza 
·         1 a 15 de Abril 2012

AMAZÓNIA   A Natureza pura (programa disponível brevemente)
·         17 a 31 de Agosto 2012

RIO DE JANEIRO E FLORIANÓPOLIS -   Tesouros por descobrir  (programa disponível brevemente)
·         26 de Dezembro 2012 a 11 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano!

TIBETE E CHINA

A Espiritualidade em comunhão com a Natureza (programa disponível brevemente)
  • 4 a 19 de Maio 2012
FILIPINAS

Um Paraíso selvagem 
  • 1 a 16 de Junho 2012
PERU e BOLÍVIA

O Misticismo e a Espiritualidade -  Vale Sagrado, Lago Titicaca e extensão à Amazónia
  • 8 a 25 de Setembro 2012

MARROCOS 

Mergulha na profundidade do Deserto
  • 30 de Março a 8 de Abril 2012
  • 28 de Setembro a 7 de Outubro 2012
  • 26 de Dezembro 2012 a 4 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano no Deserto!

LAOS, VIETNAM e CAMBODJA
     O Povo, a Cultura e a Natureza inexplorada (programa disponível brevemente)
    • 29 de Novembro a 16 de Dezembro 2012 - 12/12/2012 
    .

    27 de dezembro de 2011

    O astrólogo Hiroki Niizato explica o que é o «Quintil»




    «Alguém pediu que eu escrevesse sobre o aspecto “quintil” (72 graus). É um aspecto que está associado com a criatividade - mas que sentido tem em termos da interpretação?

    A tese de trabalho de Noel Tyl é que se um horóscopo contém muitos “quintiles” (digamos 3, 4, 5 ou mais) a pessoa necessita muito de escapes criativos – quer na profissão ou num passatempo. Seguindo esta tese, comecei a perguntar a clientes "qual é o seu escape criativo?" sempre que vejo mais do que alguns quintiles nos seus horóscopos.

    Às vezes as pessoas dizem que não têm nenhuma dessa tal capacidade criativa - mas não parecem ser muito felizes sobre este assunto. Talvez tivessem tido um interesse apaixonado pela escrita, arte ou música que foi sendo suprimido no decurso do seu desenvolvimento (pressão dos pais, dizendo-lhes que “não era prático", etc.) - a questão que surge é que se pode fazer para começarmos a explorar novamente a nossa faculdade criativa?

    A leitura das primeiras 3 páginas de um livro (veja a obra "Artists Way" de Julia Cameron) talvez pudessem ser um bom começo - para prestar atenção às pequenas vozes internas que nos dizem o que nós queremos. Outras vezes, a criatividade é canalizada para o trabalho actual (talvez criando um negócio próprio, por exemplo.) Educar uma criança também requer uma atitude criativa – não tendo realmente que se manifestar como uma carreira na arte, na música, etc. Geralmente você pode dizer se uma pessoa tem um escape criativo ou não, porque tende a manifestar como o sentimento de estar vivo.



    Uma pergunta complicada: e se você não possui nenhum quintil?

    A criatividade é algo que está dentro de cada um de nós, assim que isto obviamente não significa que você não seja criativo. Eu olhei para inúmeros mapas de pessoas que trabalham nas chamadas profissões “criativas” e posso dizer-vos que o número de quintiles varia completamente – de zero a muitos –, e nada há que fazer com o bom músico, artista, ou escritor que você é. Não se desespere se não tiver muitos quintiles no seu horóscopo - o número de quintiles pode nunca ser um indicador se você pode vir a ser bem sucedido numa profissão criativa. Muitos mapas artísticos têm ênfase em Neptuno ou Vénus e os quintiles podem nunca estar envolvidos.

    Pergunta #2: Ter muitos quintiles no mapa sugere que você seja um inovador?

    Se um número de quintiles não são necessariamente indicadores de uma profissão criativa, pode sugerir quão inovadora (uma variação da criatividade) uma pessoa é?

    Deixo-vos aqui informação variada sobre algumas pessoas:

    - Georgio Armani, o criador inovador de moda, tem 4 quintiles;
    - O músico inovador John Cage tem 4 quintiles; o inovador de jazz Miles Davies tem 4 quintiles; e o inovador compositor Igor Stravinsky tem 2 quintiles;
    - Na área científica, Albert Einstein tem 4 quintiles; o matemático John Nash (caracterizado no filme “Beautiful Mind”) tem 5 quintiles.
    - Henry Ford, o inovador do negócio automóvel (conceito de produção em massa) tem 5 quintiles.
    - Bill Gate, o empreendedor do software, tem 4 quintiles, enquanto que Steve Job (Aple) tem apenas 1.
    Os escritores têm frequentemente mais quintiles: Jane Austin hem 6 quintiles, Mark Twain tem 4 a 6 quintiles (dependendo da hora de nascimento); George Bernard Shaw tem 6; E.E. Cummings tem 4. William Butler Yates tem 3 quintiles.
    -Walt Disney tem 2 quintiles, assim como Pablo Picasso.

    Parece que ter 2 quintiles é um posicionamento médio, mas há outros factores nos seus horóscopos (Neptuno, etc.) que são certamente mais pronunciados no caso dos gigantes mencionados acima. Tanto quanto as interpretações, a minha abordagem diz-me que a ocorrência múltipla de quintiles pode ser usada para confirmar a ênfase criativa sugerida no resto do horóscopo, não podendo estar sózinho como um único indicador do potencial criativo.

    Pergunta #3: Como nós interpretamos o aspecto quintil a nível individual?

    Os quintiles são interessantes pois não são tratados como aspectos difíceis (desafiantes), mas também não são aspectos estáticos (estarei a ousar chamando-os de tediosos?), como os aspectos suaves. Parecem chamar para uma definição criativa muito parecida com os aspectos difíceis, mas possivelmente sem o calvário da quadratura ou da oposição.

    Exemplo: No caso de quintil Sol - Neptuno, a expressão da energia da vida do núcleo toma um tom muito criativo (ambos por causa do próprio Neptuno e do quintil), mas possivelmente sem a grande vulnerabilidade associada com a quadratura Sol – Neptuno. Este é apenas um sentimento que tenho devido a ter olhado para os quintiles da maneira que está a ser discutida por outros astrólogo, tal como o trabalham nas análises do perfil vocacional. Se você tiver outras ideias ou situações estou disponível para o ouvir.

    Actualização: Alguém sugeriu que o outro lado da capacidade criativa poderia, possam ser coisas como problemas com a autoridade (isto é, não se conformando à maneira tradicional de fazer coisas), assim como não poder pensar como os outros (o qual pode conduzir a problemas no trabalho, etc.). Eu igualmente quero adicionar a susceptibilidade ao caos - podemos ver possibilidades demais, e a mente pode perder o toque com os fundamentos fornecido pelo método tradicional de fazer as coisas.

    Conclusão

    Como sempre, algumas pessoas fazem melhor uso dos seus potenciais inatos do que outras pessoas. Preste atenção a todo o horóscopo para ver qual a sua melhor forma para usar a sua faculdade criativa. Se você tiver um certo número de quintiles, fantástico! Tente observar como usa a sua criatividade. Se você não sabe como é a sua capacidade criativa, tente o conselho dado mais acima, de ler as primeiras 3 páginas de um livro. Dê atenção à voz dentro de si, se quer tentar algo novo, ou então, escutar algo que já conheça e não seja tão novo. O ponto do tudo isto é para que você sinta a alegria de expressar o seu talento, de modo a que se sinta mais vivo.

    Hiroki Niizato

    Texto daqui.

    - Uma nota (muito) técnica para astrólogos: Quando conto o número de quintiles, não uso os aspectos com asteróides, pois a quantidade aumenta enormemente. Pelo mesmo motivo não uso biquintiles, pois a quantidade apresentada iria fazer parecer que aquele horóscopo seria “muito criativo” (olhe, se é isso que você quer ver, tudo bem. Por mim, prefiro a simplicidade.)

    - Por outro lado, eu conto os quintiles ao Descendente e Fundo do Céu (IC), assim como ao Nodo Sul, pois fazem parte dos eixos pertencentes ao Ascendente, Meio do Céu (MC) e Nodos. No seu software, pode incluir o aspecto tridecile (108º) se quiser contar estes aspectos, mas considere apenas aqueles que tocam estes eixos – Ascendente, Meio do Céu (MC) e Nodos.

    Hiroki Niizato é astrólogo profissional atendendo clientes e dando aulas desde 2001 e trabalha em Tampa, Clearwater; St.Pete, área da Florida. Possui o "Master's Degree Certification Course in Astrology" por Noel Tyl, um curso para astrólogos profissionais. Pratica há vários anos a Meditação oriental. É licenciado em Música e Ciências da Computação pela Universidade do Sul da Florida.

    Seu blogue: “Holistic Astrologer Blog”
    http://holisticastrologer.blogspot.com

    Seu site: "HolisticAstrologer.com"
    http://holisticastrologer.com

    Contacto para consultas:
    Hiroki@HolisticAstrologer.com

    Copyright - Hiroki Niizato, 2008

    .

    22 de dezembro de 2011

    Boas Festas

    pintinho



    Aos amigos, leitores, companheiros de jornada
    e visitantes: a todos, Boas Festas.


    Photobucket


    .

    17 de dezembro de 2011

    O Sol entra em Capricórnio


    Por sugestão do Marcelo Dallaaqui

    Missão superior:
    Aprender a alcançar aquilo que quer, usando mais a intenção do que o trabalho árduo.

    Capricórnio é o 3º Signo de Terra, simboliza o fim da experiência material do homem. O seu planeta regente é Saturno, e nele se fecha o ciclo da matéria. Terra de experiência colectiva, Capricórnio testemunha o tempo da humanidade sobre a Terra.

    Ensina como se estruturam e se organizam socialmente os homens, como aprendem uns com os outros a relacionar-se. Exprime o saber do colectivo, só possível pela aprendizagem de longos Ciclos de Vida. Capricórnio assegura ao homem o poder social, a sua mais sólida afirmação comunitária.

    Saturno em Capricórnio concretiza publicamente tudo o que a sociedade possibilita, pela consciência de regras de comportamento baseadas na experiência de um Tempo Anterior. Capricórnio é a afirmação do Passado no presente, o aval de tudo o que já foi previamente conquistado, inteligido, integrado.

    Seguro e determinado, ciente do chão que pisa, conhece as convenções que lhe abrem o caminho. É conservador, com tendência à inércia e ao estaticismo, que o pode levar a uma rigidez emocional, a uma certa dureza interior. É prudente, resiste ao novo, ao desconhecido, ao apelo do futuro. Obstinado, o seu muito Saber permite-lhe realizar qualquer objectivo, atingir os fins a que se propõe.

    A consciência capricorniana obriga sempre a um qualquer relacionamento público, pressiona quem a tem a intervir num espaço colectivo, movido por um sentimento de responsabilidade. O Capricórnio define as estruturas que possibilitam a vida em comum.

    A estabilidade do poder público, a confiança nas instituições, a segurança numa autoridade colectivamente aprovada e comprovada. Austero, o Capricórnio assegura eficiência e capacidade de realização. A sua resposta é madura, emocionalmente adulta. Sabe lidar com o mundo dos homens.



    Regente: Saturno

    Saturno é o regente de Capricórnio, tem neste signo o seu domicílio diurno. Aí atinge a máxima expressão da sua sabedoria. Lenta e pacientemente conquistada pela dolorosa experiência do Tempo, quando denunciada e superada a contradição do Espírito na Matéria. A última resposta do Capricórnio é a maturidade espiritual que advém da plena maturidade emocional.

    Simboliza o fim da experiência do homem sobre a terra, quando este signo integrar a experiência do signo anterior, a fé do Sagitário. Quando o capricorniano já souber viver um ideal transcendente, além dos valores redutores de uma visão materialista.

    Sem Ideal este signo é oportunista, orienta-se para o prestígio e para o poder pessoal. Quando animado por uma Verdade Interior, o homem de Capricórnio converte a sua ambição social em Vocação, em dedicação austera a uma Causa vivida como objectivo a atingir.

    É a Via dos Iniciados, esses que simbolicamente se encontram no Alto da Montanha, onde a Terra está mais perto do Céu. São Seres Evoluídos, Avatares, Guias dos outros homens. Actualizam no Mundo o Espírito na Matéria.



    Níveis evolutivos

    1º nível de evolução: Revela-se a ambição social como primeiro desejo de projecção do Eu no colectivo. A procura de status, de consideração, de prestígio, de poder público. O desejo de afirmação pública é válido, nasce como resposta a um chamamento de universalidade. Corresponde à necessidade que o homem tem de transcender os limites do seu mundo privado para um relacionamento mais abrangente com a vida e com os outros. Neste sentido, a afirmação pública é em última análise um apelo Cósmico. Identifica-se em qualquer mapa natal com a energia do signo do Meio do Céu. O apelo deste 1º Nível é muitas vezes confusamente filtrado através de um sentimento de insegurança e inferioridade social. Como reacção inconsciente a esta insegurança o Eu vai ilusoriamente e de uma forma perversa, compensar-se pela afirmação egocentrada de poder. No entanto, por razões do seu próprio destino, o Eu pode não responder ao apelo social por se encontrar totalmente inibido ou bloqueado. Vive então uma auto-imagem reduzida. Demite-se da sua intervenção maior, a sua acção no colectivo. É o mundo das massas anónimas não intervenientes. Pessoas que se desconhecem, para quem a energia da Casa X será sempre e apenas potencial. Inconsciente, adormecida, nunca chega a manifestar-se Infelizmente é na actualidade o estado evolutivo da maioria dos seres humanos. Ainda se encontram socialmente irresponsáveis, aquém do que podiam vir a ser, reduzidos à esfera das suas necessidades básicas, do seu mundo privado, das suas preocupações domésticas e familiares. Desconhecem a experiência mais vasta e universal da sua Casa 10.

    2º nível de evolução: Situa-se a capacidade de afirmação social. É a projecção do Eu frente à opinião pública. O poder individual que se revela ao dinamizar as forças do colectivo. A profissão como forma de intervenção personalizada nas estruturas que asseguram a Ordem Comum. A realização pessoal por participação em organizações nacionais ou internacionais. Neste contexto situa-se igualmente todo o trabalho que nasce de uma colaboração individual ao país que é o nosso e ao mundo em que nascemos. Neste 2º Nível da Casa 10 o Eu relaciona-se com as estruturas.

    3º nível de evolução: Identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição mais segura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo. Quando o Eu aceita incondicionalmente Ser quem pode Vir a Ser. Quando responde totalmente ao seu destino, ao seu projecto de vida. Quando vence o último nó de medo, a imaturidade que o prende ao Fundo do Céu, à sua intimidade, à sua família, às suas fundações. Uma vez liberto das inseguranças e condicionalismos que o prendiam ao Passado, só então é emocionalmente adulto, capaz de se assumir responsável. Neste sentido, a resposta à Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por se encontrar aprisionado a medos inconscientes. Nesta fase emancipada, o Eu cria novas estruturas. O 3º Nível da Casa 10 revela a liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos de Tempo, já sem resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal. Neste Nível a Casa 10 é a resposta da Personalidade Individualizada e Evoluída.


    Parabéns a todas as pessoas do signo Capricórnio.

    Texto publicado no site «Escola de Astrologia Nova-Lis», em Abril 2007.


    .

    15 de dezembro de 2011

    Até parecia o «Anatomia de Grey»


    Com vários planetas em Gémeos, só me podia tocar uma pneumonia, nesta fase da minha vida, fruto de uma gripe mal curada. Com Mercúrio retrógrado (no dia 5 Dez) conjunto ao Sol em Sagitário, a fazerem aspectos de oposição aos meus planetas natais: Sol, Marte e Mercúrio. Foi tipo rajada. Tiro e queda. Outros aspectos também potenciaram a situação. Vénus em Capricórnio fez uma tangente e Plutão: lá se foram as defesas abaixo. Passei mal, mas já estou recuperado.

    Quando dei por ela, estava a caminho do hospital, onde fui muito bem atendido durante todo o tempo que lá estive. Assim que entrei na triagem do hospital, fiquei sem saber se estava a sonhar ou a viver uma cena à «Anatomia de Grey». Quem me conhece sabe que gosto de filmes e boas séries e, por isso, menciono esta para amenizar e dar alguma picardia a uma narrativa insonsa.


    Da triagem fui logo posto numa maca da reanimação e tiraram-me toda a roupa e em segundos, tinha inúmeros profissionais à minha volta (médicos e enfermeiras) a tentarem encontrar não sei bem o quê, porque uma pessoa nesses momentos perde um bocado a consciência do que está a acontecer.

    Fiquei logo internado, colocado num SO (Sala de Observação) todo entubado e ligado a máquinas. Nunca tinha estado numa SO e fiquei surpreendido pela eficácia com que conduzem estes assuntos, sempre através de imensa barulheira. Muito barulho, todo o dia e boa parte da noite.

    Coisa de gente doida! Pareceu-me ter visto a Ellen Pompeo [Meredith Gray], a Sandra Oh [Cristina Yang] e a Chandra Wilson [Miranda Baley]. Bem procurei pela Addison Montgomery, mas tinha-se mudado de Seatle para LA.


    Depois de inúmeros exames e observações, no dia seguinte fui enviado para a zona das enfermarias, para um quarto com 2 camas. Até parecia uma clínica privada.

    Aí, continuaram com o tratamento intenso: antibióticos e toda a sorte de remédios, mas o que me chamou muito a atenção foi a terapêutica com oxigénio, acompanhado por fisioterapia.


    Alimentação boa, bons cuidados médicos e muita vontade de recuperar, fizeram que permanecesse no hospital apenas 9 dias.

    Aprendi muito sobre a natureza humana.

    .

    14 de dezembro de 2011

    Somos uma obra prima


    «Não podemos relacionar a pessoa com o horóscopo, ou seja, limitar o individuo aos nossos conhecimentos sobre Astrologia, mas sim relacionar o mapa com a realidade de cada pessoa, dando-lhe vida.»


    Noel Tyl



    .

    4 de dezembro de 2011

    As minhas consultas










    A astrologia que pratico é pública: aqui, no meu blogue «Cova do Urso», ou com o site «Escola de Astrologia Nova-Lis», mas também em consultas presenciais, quer na Ericeira, no centro «Cristal de Cura», quer num centro terapêutico a Sul do Tejo, mais concretamente no Feijó. Todos os contactos estão indicados no fim deste artigo.

    Os astros não fazem o nosso destino, mas ajudam a compreender o Ser que somos reflectido no tema natal. Uma consulta de astrologia transforma-se num diálogo vivo, aberto, sempre construtivo, em que se pretende que haja uma partilha para se tentar atingir uma maior tomada de consciência. O principal objectivo deveria ser a possibilidade de se analisar e compreender todo o potencial que a pessoa trouxe para esta vida, sem esquecer os padrões mais inconscientes que também transporta e dos quais tem dificuldade em se libertar. E, atendendo ao que fica exposto, uma ou mais consultas de astrologia ajuda sempre a planificar a nossa vida de uma maneira mais fluída e mais serena.

    Recomendo consultas de astrologia:

    1) Às pessoas que desejem aprofundar o seu auto-conhecimento, de forma a poderem construir a sua realidade pessoal com maior harmonia, na longa caminhada da vida.

    2) Às pessoas que estejam a estudar o seu próprio mapa natal e queiram tirar dúvidas sobre a interpretação do mesmo.

    3) A quem esteja a passar por uma fase complexa na sua vida, pois poderão receber grande ajuda através das explicações dadas pelo astrólogo.

    4) A quem estiver interessado em fazer uma análise das suas relações, pessoais ou profissionais

    5) Consultas vocacionais ou sobre o seu trabalho e carreira profissional.

    6) Empresários que queiram aprofundar as questões do seu negócio. Neste caso, deverá fornecer a data em que a sua empresa foi criada.

    7) Análise cármica e espiritual do seu mapa.

    8) Escolha de datas para eventos especiais na sua vida.

    9) Planificar cuidadosamente determinado acontecimento da sua vida, sabendo que poderá estar sob uma influência energética específica e, portanto, pode preparar-se mental e emocionalmente para vivenciar essa situação. É de grande ajuda psicológica e espiritual. É aquilo que se costuma dizer: «fazer a nossa parte».

    10) Outros motivos, previamente acordados com o astrólogo. Por exemplo: previsões astrológicas para um semestre ou um ano.

    11) Em todas as consultas há espaço para a participação do cliente, diálogo e abordagem de questões concretas.

    12) Prepare, em consciência, a sua resposta à minha primeira pergunta, que, habitualmente anda neste registo: «O que o/a traz a esta consulta?» ou «O que pretende desta consulta?».

    Aspectos práticos sobre as minhas consultas

    Tempos de consulta e respectivo investimento: Dia da semana das consultas: às sextas-feiras. Como não sou inflexível, podemos escolher outro dia para a consulta, se o cliente de facto não puder disponibilizar a sexta-feira. Duração da 1ª consulta: Entre 1 hora e 15 minutos e 1 hora e 30 minutos. Investimento na 1ª consulta: 80 euros por consulta. Este valor não é actualizado há vários anos. Duração média das consultas seguintes: 1 hora. Investimento nas consultas seguintes: 60 euros por consulta. Duração média da consulta anual: Entre 50 e 80 minutos. Investimento nestas consultas anuais: 60 euros por hora, para clientes habituais.

    Consulta sobre relações amorosas (sinastrias): se as duas pessoas estiverem presentes, é uma consulta conjunta e dura cerca de 150 minutos, havendo, eventualmente, um pequeno intervalo no meio. Investimento na consulta de sinastria: 150 euros por hora. Não pratico segundas consultas de sinastria. Importante: Também dou consultas relacionais ou sinastrias com 1 só pessoa presente na consulta. Dura cerca de 60 a 75 minutos, custa 140 euros e pede-se que o cliente informe previamente a pessoa da sinastria que tenciona fazer esta consulta, solicitando-lhe a respectiva autorização. Isto ser-lhe-á perguntado na consulta, correndo o risco que esta consulta individual possa ser cancelada no próprio momento, por ausência de autorização da parte ausente. Recomendação: é de toda a conveniência que as duas pessoas tenham uma primeira consulta a sós, sobre o seu próprio mapa natal, antes de fazerem a sinastria em conjunto, devendo distar cerca de 30 dias entre as consultas, para os clientes poderem absorver convenientemente toda a informação prestada na primeira consulta.

    Gravação da consulta: em sistema digital e o(s) ficheiro(s) será enviado por email, assim como o mapa natal do cliente. Informação: Se o cliente preferir uma gravação em cassete, tem que trazer  uma de 90 minutos e informar com antecedência. Se quiser pode trazer o seu gravador para registar a nossa conversa astrológica.



    CONTACTOS


    Contactos para a Ericeira, no centro «Cristal de Cura»:

    Local: Ericeira, no centro "Cristal de Cura" - Clique para conhecer o site. Será dada a localização exacta por telefone ou e-mail. Contactos ao cuidado de D. Luísa Sal.

    Mapas de acesso ao «Cristal de Cura», clicando aqui.
    E-mail: contactos@cristaldecura.com
    Telefone: 96 806 1279
    A localização exacta será dada por email.


    CONSULTADORIA ASTROLÓGICA POR EMAIL - CLIQUE AQUI PARA SABER

    Quer saber mais sobre mim? Clique aqui.
    .


    Neptuno e Saturno, a luta pela criação dos transtornos mais materiais

    Texto longo, especialmente dedicado aos estudantes avançados de astrologia.

    Os trânsitos que envolvem Neptuno são os mais subtis de todos. São tão subtis e ocultos que o dono do mapa tarda muito em reconhecer os seus efeitos. É necessário fazer uma análise minuciosa do mapa natal para avaliarmos os efeitos destes trânsitos, pois representam a chave oculta da personalidade e do rumo que a vida toma. Nem todas as pessoas percebem Neptuno do mesmo modo; algumas não o percebem externamente, mas as vibrações estão ali, bem disponíveis no inconsciente, trabalhando para dissolver o ego e libertá-lo.

    Quanto mais nos apoiamos no ‘eu’ da personalidade, menos ele existe. Vai desaparecendo. A vontade não será coisa nenhuma, até que queira ser nada. Se Saturno cuida da Vontade, Neptuno trata de a anular, pois é o planeta da obrigação e do sacrifício.

    Neptuno é o Pai Natal cósmico, pois tudo aquilo que damos, retorna a nós em duplicado ou em centuplicado. Isto das ‘medidas’ é uma coisa da mente. É o famoso 'segredo.' Quanto mais se dá, mais se recebe. É uma Lei superior. Todos os pensamentos, sentimentos e acções emitidos, voltam ao seu ponto de origem. Para abençoar ou para queimar. Se o que se emite é negativo, que é que se recebe? Pois. Como Lei superior, simplesmente, cumpre-se. Esta é uma das representações de Neptuno.

    Neptuno é o criador dos transtornos dos planos mais materiais. Cria uma névoa emocional quando está ligado a Vénus. A personalidade deve afastar-se quando está associado com a Lua. A mente fica enevoada quando o contacto é com Mercúrio. A vontade e o ego dissolvem-se quando contacta com o Sol. Provoca desvitalização da energia, quando aspecta Marte. Com Saturno, a conversa é muito séria. É disto que trataremos neste texto.

    Por enquanto, sejamos práticos. A designação técnica astrológica deste texto é: trânsito de Saturno em conjunção a Neptuno natal. Antes de entrar na explicação da natureza deste trânsito, gostaria de vos auxiliar indicando umas datas para orientação dos leitores e estudantes avançados de astrologia. Este trânsito, dependendo de Saturno ficar retrógrado ou não nessa época, pode durar de 6 a 12 meses. Se for Neptuno a transitar em contacto com Saturno, poderá estar activo entre 2 a 3 anos. Este trânsito ocorre em períodos de 35 anos, portanto, a maioria das pessoas pode passar por ele duas vezes.

    Nesta fase, mais concretamente desde finais de 2009 e até finais de 2012, este trânsito estará bastante activo na vida das pessoas nascidas entre 3 Outubro 1942 e 23 Dezembro 1955. A minha geração, portanto. Estas pessoas têm no seu mapa natal, Neptuno em Libra/Balança e Saturno transita  agora pelo mesmo signo. No final do texto, indico as datas de nascimento de outros grupos de pessoas, que terão este trânsito após 2012.

    É um trânsito que ameaça a segurança e a ordem da nossa vida.

    As suas obrigações e deveres poderão ser incertos, indefinidos ou mesmo deixados de parte. Apesar da pessoa se esforçar para por em ordem um certo caos que o rodeia, a situação pode ser bastante confusa, impossibilitando o abarcar todas as coisas complexas à sua volta.

    Pode ser uma época de incertezas, de inseguranças no que diz respeito às questões da vida rotineira do dia-a-dia. Pode surgir um ambiente de temor e de ansiedade, pois Saturno é o mais materialista dos planetas, enquanto que Neptuno é, sem dúvida o mais idealista. Saturno é o trabalhador e Neptuno o sonhador. Como manejar estas situações tão extremadas? Como segurar Saturno a ser dissolvido por Neptuno? É como se a pessoa fosse destituída do seu poder pessoal, do seu degrau onde está em evidência.

    Podem surgir apetências não habituais, havendo o potencial da pessoa sentir a predisposição para ir atrás de um ideal. De trabalhar por um ideal. Algumas vezes esse trabalho pode ser ao estilo de D. Quixote, lutando contra inimigos imaginários.

    Pode viver uma época de ansiedades, preocupações ou frustrações, como nunca ocorreu antes na sua vida. Para as pessoas com as datas de nascimento indicadas acima: tentem recordar-se dos acontecimentos da sua vida há cerca de 35 anos atrás. Que aconteceu? Quais as dúvidas e incertezas vividas então? Como as resolveu? Que passos em frente deu nessa ocasião?

    Aparecem medos que não são reais e convém perceber que as pessoas mais pessimistas, ou muito agarradas à matéria, terão maior tendência para verem tudo escuro, sem a tal luzinha ao fundo do túnel. A situação, seja qual for, parece muito pior do que na realidade é.

    Um conselho que deixo aqui para este trânsito, são as questões de saúde. Recomenda-se que sejam feitas análises médicas e que se previnam imediatamente perante qualquer situação menos corrente. Estes dois planetas, tal como o seu Ponto Médio, estão intimamente ligados a problemas de saúde, sobretudo os de natureza crónica. Acautele-se bem, pois este trânsito é pródigo em fazer aparecer doenças depois de muito tempo delas estarem bem instaladas. Todas as medidas de precaução e prevenção devem ser tomadas.

    Em certos casos muito especiais e raros (dependendo da natureza do mapa natal) algumas pessoas poderão desprender-se de bens materiais, ou pelo menos, simplificar a sua vida nesse sentido. Quando isto acontece, estamos perante situações espirituais muito especiais.

    É um trânsito estranho, cheio de conflitos internos, em que os piores pensamentos nos podem ocorrer, tais como: ideias sobre fracassos, decepções e sensação de culpa. Sobretudo porque, como a nossa segurança e ordem de vida (Saturno) se encontram envoltas num poderoso solvente (Neptuno), as coisas simplesmente podem ir acontecendo, parecendo que é meio à toa.

    Solidão e insegurança podem ser os sentimentos mais constantes. Se não houver cuidado, a pessoa pode resvalar para sensações de depressão, ansiedades súbitas, predisposição a enganos de toda a ordem. Neste trânsito, aprende-se a diferenciar entre depressão e tristeza.

    Poderia continuar a enumerar uma série de situações como seja um aumento de desconfiança dos outros, sem uma razão verdadeira. Romper laços que eram ou pareciam duradouros e estáveis. Com uma certa tendência a afastarmo-nos de responsabilidades mais formais. Temos que estar muito atentos a nós mesmos, à nossa vida e às situações que vivemos. Deixarmo-nos ir, é uma coisa. Alhearmo-nos da nossa vida é outra cosia bem diferente.

    Não vou continuar a descrever as possíveis ocorrências deste trânsito, para eu próprio não ficar incomodado. Tão neptuniano que isto me saiu! :)

    Falemos de outras benesses deste trânsito de Saturno a Neptuno

    Saturno em contacto com Neptuno pode ascender a elevadas alturas da espiritualidade ascética ou atirar-se às profundezas do desespero e da escuridão espiritual. Sendo Peixes o signo mais completo do Zodíaco, inclusivamente mais multifacetado nos seus mistérios do que Escorpião, obviamente que o seu regente Neptuno (Júpiter é co-regente deste signo), têm um poder excepcional no tema de cada pessoa.

    Quando Saturno contacta com Neptuno, estamos perante um dos trânsitos mais misteriosos que se conhece. É no signo Peixes, Casa 12 e Neptuno, o respectivo regente, que se dissolvem todos os enganos, perdas, danos, confusões, afastamentos, inseguranças, faltas de amor e de auto-estima que não se tenham transformado no ciclo de Escorpião. Levar este lixo emocional e psíquico é a tarefa de Saturno para deixar a pessoa bem desperta, proporcionando então, o estabelecer a ligação ao céu.

    Quando se nasce com Saturno em contacto difícil com Neptuno, impregna no ser recém nascido a sensação de que há algo para resolver. Com o desenvolver dos anos, a pessoa sente que há qualquer coisa que parece não estar concluída. Ou que alguma coisa do passado não o larga. É um sentimento que não se pode definir.

    Saturno necessita de uma estrutura bem definida. E em contacto com Neptuno, não encontra isso. No entanto, todos sabemos que os opostos atraem-se. As experiências com Neptuno são guardadas no interno. Saturno cristaliza-as em experiências sólidas. Saturno aqui gosta de apreciar esta necessidade de evasão e, quando bem aspectado, dá formas especialmente belas às mesmas. Neste trânsito, uma grande quantidade de terapias está ao alcance das pessoas. No plano do carácter a presença de Saturno pode ser insidiosa. No plano intelectual pode dar frutos de grande genialidade. Tudo porque os opostos atraem-se.

    Neste trânsito a pessoa pode estar ligada fortemente ao passado cármico.  A cura está ao alcance destas pessoas.  O serviço aos outros pode tornar-se uma realidade. Com Saturno presente há um enorme potencial para que o Ser consiga viver momentos intensos do “aqui e agora”.

    Apenas uma pergunta deve ser feita: confiamos inteiramente em Neptuno ou Peixes para tratar questões de cura? Ou necessitamos de Saturno para criar uma forma, uma regra, um cristal, nesse turbilhão emocional?

    Cheguei onde pretendia posicionar-me neste artigo. Porque é que Saturno em contacto com Neptuno (ou ao contrário) dá às pessoas o enorme potencial de ajudar os outros? É simples: Neptuno quer curar e Saturno adora arranjar o que está estragado. Juntos podem trabalhar maravilhosamente na cura dos seres humanos feridos pela vida.

    Muito agradecido por ter lido todo o artigo. Aguardo os seus comentários.


    Outras datas de nascimento e activação deste trânsito:

    1 - As pessoas nascidas entre 24 Dezembro 1955 e 3 Janeiro 1970, têm Neptuno em Escorpião e o trânsito será activado entre 2012 e 2014.

    2 - As pessoas nascidas entre 4 Janeiro 1970 e 18 Janeiro 1984 têm Neptuno em Sagitário e o trânsito será activado entre finais de 2014 e finais de 2017.

    3 - As pessoas nascidas entre 18 Janeiro 1984 e 28 Janeiro 1998 têm Neptuno em Capricórnio e o trânsito será activado nos finais de 2017, com a particularidade de encontrarem Plutão ainda em Capricórnio.

    Obviamente que é necessário dar atenção aos mapas natais de cada pessoa, pois o posicionamento deste dois planetas varia de Casa e aspectos gerais. Isto necessita de uma leitura mais fina a adaptada a cada caso.

    Post nº 994
    .

    1 de dezembro de 2011

    Roteiros de Sonho - através da agência «OM Travel - Viagens espirituais»



    «A OM Travel organiza viagens e retiros por Portugal e pelo mundo aliando a espiritualidade, o misticismo e a Natureza.

    Sempre com uma consciência ecológica e ambiental procuramos o melhor de cada lugar, das suas gentes, das muitas culturas!

    Nos nossos destinos de grupo irás encontrar práticas energéticas de harmonização corpo-mente, música para introspecção e relaxamento, refeições vegetarianas, diálogo, silêncio, yoga e meditação que nos guiarão a momentos de reflexão e de sabedoria.

    Viajamos com o propósito da transformação, da partilha e da entrega. Possibilitamos a cada um uma viagem dentro de si, entregando-se livremente à natureza, a outros povos e aos seus sentidos.

    Cultivamos a arte de estarmos cada vez mais atentos e conscientes num Universo que é de todos e para todos.

    Espreita em anexo os nossos programas Om Travel e viaja connosco!

    Muita Inspiração!

    Namaste!

    A equipa Om Travel»


    VÍDEOS VIAGENS OM TRAVEL

    Viagem Espiritual à Índia 2010



    Viagem Espiritual à Índia 2011


     VIAGENS OM TRAVEL 2012 
    ÍNDIA
    ÍNDIA, NEPAL E BUTÃO Santuários dos Himalaias - possibilidade de extensão ao Tibete - ver viagem "Tibete e China"
    • 20 de Abril a 6 de Maio 2012
    ESPIRITUAL À ÍNDIA - Uma viagem de descoberta interior
    • 1 a 16 de Junho 2012 - possibilidade de extensão a Goa - ver viagem "Goa e Kerala"
    • 12 a 27 de Outubro 2012
    GOA E KERALA – A Rota Portuguesa 
    • 15 a 30 de Junho 2012
    • 26 de Dezembro 2012 a 6 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano em Goa!
    BRASIL

    BAHIA -   O Misticismo e a Natureza 
    ·         1 a 15 de Abril 2012

    AMAZÓNIA   A Natureza pura (programa disponível brevemente)
    ·         17 a 31 de Agosto 2012

    RIO DE JANEIRO E FLORIANÓPOLIS -   Tesouros por descobrir  (programa disponível brevemente)
    ·         26 de Dezembro 2012 a 11 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano!

    TIBETE E CHINA

    A Espiritualidade em comunhão com a Natureza (programa disponível brevemente)
    • 4 a 19 de Maio 2012
    FILIPINAS

    Um Paraíso selvagem 
    • 1 a 16 de Junho 2012
    PERU e BOLÍVIA

    O Misticismo e a Espiritualidade -  Vale Sagrado, Lago Titicaca e extensão à Amazónia
    • 8 a 25 de Setembro 2012

    MARROCOS 

    Mergulha na profundidade do Deserto
    • 30 de Março a 8 de Abril 2012
    • 28 de Setembro a 7 de Outubro 2012
    • 26 de Dezembro 2012 a 4 de Janeiro 2013 – Passagem de Ano no Deserto!

    LAOS, VIETNAM e CAMBODJA
       O Povo, a Cultura e a Natureza inexplorada (programa disponível brevemente)
      • 29 de Novembro a 16 de Dezembro 2012 - 12/12/2012 
      .

      linkwithin cova

      Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
      «A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
      Professor Agostinho da Silva

      Visitas ao blogue

      Receba os artigos por email

      Para si, leitor

      Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


      Love Cova do Urso

      Image and video hosting by TinyPic

      Lista de Blogue que aprecio

      O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

      .

      Mapa natal do 'Cova do Urso'


      Get your own free Blogoversary button!

      O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

      1º post do blogue, clicar aqui.

      Blog Archive

      Patagónia, Argentina

      Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

      Copyright do blogue

      Creative Commons License
      Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
      Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
      Copyright © António Rosa, 2007-2014
       
      Blogger Templates