Comemore o seu aniversário com os seus guias reverenciando-se a si mesmo

31 de outubro de 2011 ·


O nosso aniversário foi o dia que nós escolhemos para entrarmos no plano terrestre e começarmos as nossas lições desta vida. Antes de reencarnarmos trabalhamos activamente em dimensões superiores, sob a orientação dos nossos guias e anjos, para prepararmos a nossa própria vinda, de forma a limparmos carma e memórias cármicas, assim como vivenciarmos em plenitude, o que do dharma iremos saborear.

Tudo foi concebido especialmente para nós, o nosso meio ambiente, os nossos pais, o nosso corpo e a hora do nascimento. Tudo encaixa num grande plano do universo. Percebe agora a importância da astrologia neste contexto? Tudo isto foi preparado para todas as pessoas à face da terra. Por esse motivo, cada um de nós, independentemente das circunstâncias, é na verdade uma pessoa especial, um ser único e irrepetível.

Se souber a hora exacta do seu nascimento, tanto melhor, mas se não souber, não se preocupe, pois não é grave para o que a seguir pretendo explicar. A hora que escolher para esta cerimónia privada é boa e é assim que deve ser.

Ao planear a comemoração do seu aniversário, tenha em conta que não estou a falar das questões mais mundanas, como bolo de aniversário, presentes, lanche e isso tudo, que abordarei no fim. Esta comemoração tem exclusivamente uma envolvência espiritual: a de nos reverenciarmos a nós mesmos, no dia do nosso aniversário.

Comece por preparar o ambiente que mais aprecia. Não que seja necessário, mas já que estamos a falar de aniversários na terceira dimensão, honremos o plano em que temos vivido e tão necessário à evolução da humanidade, preparando adequadamente esse espaço físico.


Leve em conta as suas cores preferidas e pode acender umas velas, apenas para criar um ambiente mais íntimo. Queime o incenso que lhe agradar. Se em sua casa usa um pequeno altar, melhor. Se não usa, escolha uma mesa. Pode querer colocar algo especial no seu altar ou mesa, talvez um pequeno (ou grande) presente para si mesmo, ou encontrar um poema que lhe seja especial ou usar uma citação preferida que gostariam de ler durante a celebração. Consoante as suas crenças espirituais, pode colocar cristais, imagens de anjos, de guias. O que quiserem. O importante é que se sinta confortável nesta pequena cerimónia espiritual.

A seguir entre em fase de reflexão (meditação) pessoal. Tome em consideração todas as coisas boas que lhe aconteceram nesse ano e formule os objectivos que pretende aplicar no ano que se segue. Escreva esses objectivos numa folha de papel e coloque-a no altar. Se não tiver altar, guarde esse papel com as suas intenções junto a objectos que sejam queridos: fotografias de família, cristais grandes que tenham, plantas verdes.

Quando estiver pronto/a, centre-se e chame as energias positivas fazendo um círculo de protecção. Esta é uma celebração de reverência, não serão necessárias muitas palavras, mas tem que ter a sua mensagem especial pronta, leia-a ou diga-a agora.

Pode querer agradecer aos Seres de Luz e aos Anjos pela vida que tem tido e pela vida que tem a intenção de ter. Pode pedir a sua ajuda, orientação e sabedoria no novo ano que se inicia a partir da data do seu aniversário. Muitas pessoas gostam de descontrair e de meditar durante a cerimónia de aniversário. Finalmente, libertem as energias de protecção e desfaçam o círculo energético onde estiveram envolvidos.

Simples, não é? Como tudo que é de natureza espiritual.



No entanto, deixei para o fim, esta recomendação especial: inicie e encerre a sua celebração pessoal dizendo um destes poderosos mantras divinos:



«Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo»

ou

«Em nome do Pai, do Filho e de Sua Mãe»


Porque devemos fazer isto? Porque somos seres divinos e em nós existe a chama de ligação a Deus. Se quiser, ou tiver preconceitos contra a filosofia religiosa cristã ou católica, use outra palavra, em vez de «Deus». Vai dar ao mesmo porque acima do plano terrestre não existem religiões, nem crenças especiais. Somos Uno com o universo.

Mais tarde, se quiser, festeje o seu aniversário no plano terrestre, com o tal bolo, os amigos, os presentes, a família. Faz parte e é saboroso.



.

4 comentários:

ManDrag disse...
31 de outubro de 2011 às 13:54  

Gostei muito!
E sim, deveria ser "Em Nome do Pai, do Filho e de sua Mãe".

Abraços

ManDrag disse...
31 de outubro de 2011 às 13:56  

PS: Amigo, tomei a liberdade de partilhar o link no meu mural de facebook. Espero que não te importes. rsrsrs

António Rosa disse...
1 de novembro de 2011 às 11:06  

ManDrag

Muito agradecido pelo comentário e pela partilha. Abraço.

Astrid Annabelle disse...
1 de novembro de 2011 às 14:11  

Sabe que eu gostei muito desse seu post António.
Realizo todos os dias um ritual muito parecido...muito parecido! No início de todos os dias.
E eu encerro este pequeno ritual dessa forma:
«Em nome do Pai, da Mãe, do Filho e do Espírito Santo»

Beijos agradecidos...
Astrid Annabelle

*foi partilhado no FB ontem.

31 de outubro de 2011

Comemore o seu aniversário com os seus guias reverenciando-se a si mesmo


O nosso aniversário foi o dia que nós escolhemos para entrarmos no plano terrestre e começarmos as nossas lições desta vida. Antes de reencarnarmos trabalhamos activamente em dimensões superiores, sob a orientação dos nossos guias e anjos, para prepararmos a nossa própria vinda, de forma a limparmos carma e memórias cármicas, assim como vivenciarmos em plenitude, o que do dharma iremos saborear.

Tudo foi concebido especialmente para nós, o nosso meio ambiente, os nossos pais, o nosso corpo e a hora do nascimento. Tudo encaixa num grande plano do universo. Percebe agora a importância da astrologia neste contexto? Tudo isto foi preparado para todas as pessoas à face da terra. Por esse motivo, cada um de nós, independentemente das circunstâncias, é na verdade uma pessoa especial, um ser único e irrepetível.

Se souber a hora exacta do seu nascimento, tanto melhor, mas se não souber, não se preocupe, pois não é grave para o que a seguir pretendo explicar. A hora que escolher para esta cerimónia privada é boa e é assim que deve ser.

Ao planear a comemoração do seu aniversário, tenha em conta que não estou a falar das questões mais mundanas, como bolo de aniversário, presentes, lanche e isso tudo, que abordarei no fim. Esta comemoração tem exclusivamente uma envolvência espiritual: a de nos reverenciarmos a nós mesmos, no dia do nosso aniversário.

Comece por preparar o ambiente que mais aprecia. Não que seja necessário, mas já que estamos a falar de aniversários na terceira dimensão, honremos o plano em que temos vivido e tão necessário à evolução da humanidade, preparando adequadamente esse espaço físico.


Leve em conta as suas cores preferidas e pode acender umas velas, apenas para criar um ambiente mais íntimo. Queime o incenso que lhe agradar. Se em sua casa usa um pequeno altar, melhor. Se não usa, escolha uma mesa. Pode querer colocar algo especial no seu altar ou mesa, talvez um pequeno (ou grande) presente para si mesmo, ou encontrar um poema que lhe seja especial ou usar uma citação preferida que gostariam de ler durante a celebração. Consoante as suas crenças espirituais, pode colocar cristais, imagens de anjos, de guias. O que quiserem. O importante é que se sinta confortável nesta pequena cerimónia espiritual.

A seguir entre em fase de reflexão (meditação) pessoal. Tome em consideração todas as coisas boas que lhe aconteceram nesse ano e formule os objectivos que pretende aplicar no ano que se segue. Escreva esses objectivos numa folha de papel e coloque-a no altar. Se não tiver altar, guarde esse papel com as suas intenções junto a objectos que sejam queridos: fotografias de família, cristais grandes que tenham, plantas verdes.

Quando estiver pronto/a, centre-se e chame as energias positivas fazendo um círculo de protecção. Esta é uma celebração de reverência, não serão necessárias muitas palavras, mas tem que ter a sua mensagem especial pronta, leia-a ou diga-a agora.

Pode querer agradecer aos Seres de Luz e aos Anjos pela vida que tem tido e pela vida que tem a intenção de ter. Pode pedir a sua ajuda, orientação e sabedoria no novo ano que se inicia a partir da data do seu aniversário. Muitas pessoas gostam de descontrair e de meditar durante a cerimónia de aniversário. Finalmente, libertem as energias de protecção e desfaçam o círculo energético onde estiveram envolvidos.

Simples, não é? Como tudo que é de natureza espiritual.



No entanto, deixei para o fim, esta recomendação especial: inicie e encerre a sua celebração pessoal dizendo um destes poderosos mantras divinos:



«Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo»

ou

«Em nome do Pai, do Filho e de Sua Mãe»


Porque devemos fazer isto? Porque somos seres divinos e em nós existe a chama de ligação a Deus. Se quiser, ou tiver preconceitos contra a filosofia religiosa cristã ou católica, use outra palavra, em vez de «Deus». Vai dar ao mesmo porque acima do plano terrestre não existem religiões, nem crenças especiais. Somos Uno com o universo.

Mais tarde, se quiser, festeje o seu aniversário no plano terrestre, com o tal bolo, os amigos, os presentes, a família. Faz parte e é saboroso.



.

4 comentários:

ManDrag disse...

Gostei muito!
E sim, deveria ser "Em Nome do Pai, do Filho e de sua Mãe".

Abraços

ManDrag disse...

PS: Amigo, tomei a liberdade de partilhar o link no meu mural de facebook. Espero que não te importes. rsrsrs

António Rosa disse...

ManDrag

Muito agradecido pelo comentário e pela partilha. Abraço.

Astrid Annabelle disse...

Sabe que eu gostei muito desse seu post António.
Realizo todos os dias um ritual muito parecido...muito parecido! No início de todos os dias.
E eu encerro este pequeno ritual dessa forma:
«Em nome do Pai, da Mãe, do Filho e do Espírito Santo»

Beijos agradecidos...
Astrid Annabelle

*foi partilhado no FB ontem.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates